RedeGN - Imprimir Matéria

Denúncia dos permissionários da feira livre João Paulo II. Superintendente da AMA contesta

10 de Sep / 2021 às 07h15 | Espaço do Leitor

Morador do bairro Parque Residencial encaminhou denúncia à redação da Rede GN acusando ilegalidade em processo de concessão de boxe na feira livre do João Paulo II. Confira:

Senhores leitores, vivemos em uma terra que ao amigos do rei, tudo. Em Juazeiro, é impressionante, como nossos gestores não tem nem compromisso com seus munícipes.

Sou morador do Bairro Parque Residencial e aos domingos sempre vou a feira livre do Bairro João Paulo II, mas para minha surpresa, esta semana me deparei com uma construção ao lado dos banheiros da Feira livre do Bairro, logo pensei que a prefeitura estava ampliando os banheiros da feira, ou construindo boxes para dar uma melhor comodidade aos usuários daquele espaço público, contudo, pasmem senhores, fiquei sabendo por uma  permissionária, a qual estava  revoltada e indignada com a prefeita Suzana Ramos, pois segundosrelatos de alguns permissionários, este Box, teria sido uma doação do terreno feita pela prefeita para um cidadão construir um ponto comercial.

Não sou conhecedor das leis municipais, mas acredito que para prefeita fazer uma doação de terreno público, acho que só poderia ter sido feita com autorização da câmera de vereadores.

Senhores, a revolta é ainda maior, porque segundo os permissionários da feira livre, este senhor nunca foi feirante naquele locale o terreno foi doado em detrimento a permissionários que comercializam há mais quinze anos na feira livre do João Paulo II e nunca tiveram a oportunidade de construir um boxe para comercializar seus produtos, inclusive, muitos trabalham com produtos perecíveis e tem que comercializar seus produtos usando isopor com gelo para não perder seus produtos.

O mais grave é que este cidadão, além de construir um ponto comercial em área Pública, ainda está usando um gato de água e energia dos banheiros públicos da feira livre e extorquindo a quantia de R$ 2,00(dois reais) de todos os permissionários da feira livre do João Paulo II, segundo ele para cuidar da higienização e limpeza da feira livre.

Cadê o serviço de limpeza pública da prefeitura e por onde andamos fiscais de postura do Município e quem deu autorização para esta construção irregular.

Acorda nobres vereadores, vocês foram eleitos para fiscalizar o poder Executivo, ou apenas para fazer as vontades da Prefeita.

Marcos S. Rodrigues Gomes

Rua Mandacaru,Parque Residencial.

PS: Em contato com a Rede GN o Superintendente de Feiras e Mercados José Carlos Medeiros contestou a denúncia do leitor informando que o boxe foi cedido para exploração por determinado tempo, mas a área permanece de propriedade da municipalidade. 

"O entendimento com o permissionário era para que ele construisse o boxe e explorasse o espaço por determinado tempo, contudo, a área continua no patrimônio da prefeitura" explicou Medeiros.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.