RedeGN - Imprimir Matéria

Sindsemp aciona Justiça após denúncias de descumprimento da hora-aula atividade nas escolas de Petrolina

25 de Aug / 2021 às 15h30 | Variadas

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsemp) de Petrolina apresentou à Secretaria de Educação de Petrolina um ofício exigindo, em caráter imediato e irrevogável, o cumprimento da hora-aula atividade, que consiste na disponibilidade do Professor fora da sala de aula para atividades de planejamento, atendimento aos pais, elaboração e correção de provas, por exemplo. O documento foi encaminhado nesta terça-feira (24).

Segundo o Sindsemp, a carga horária do professor se divide em dois terços em sala de aula e um terço para hora-aula atividade. A conquista da hora-aula atividade é lei, e, de acordo com denúncias encaminhadas pelos servidores ao Sindsemp, o poder executivo não está cumprindo. Com isso, o sindicato entrou na justiça e conseguiu parecer favorável do Ministério Público e decisão judicial para o atendimento da hora-aula atividade. 

"A hora-aula atividade é uma vantagem para o professor. É o momento em que o servidor/professor vai poder planejar todo o seu trabalho para prestar um melhor serviço aos nossos alunos, sem sobrecarregá-lo. É lei, é decisão judicial e nós estamos exigindo o cumprimento, que é um direito do professor do município", destacou o presidente do Sindsemp, Walber Lins.

Alem de notificar a secretaria de educação, o Sindsemp disse que vai continuar fiscalizando o cumprimento da lei que garante os direitos dos servidores da educação.

Da Redação RedeGN / foto: ilustrativa/PMP

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.