RedeGN - Imprimir Matéria

"Hospital Materno infantil de Juazeiro está com capacidade excedida e não pode receber novas pacientes", diz nota

18 de Aug / 2021 às 11h30 | Variadas

O Hospital Materno Infantil de Juazeiro, Bahia, que recebe mulheres do município e de cidades que fazem parte da rede PEBA (Hospitais de Pernambuco e Bahia), em cerca de 50 municípios, para partos de baixa complexidade é alvo de denúncias por parte de familiares de gestantes.

Segundo elas, o "hospital está sem realizar partos devido a falta de vagas, também de material e estrutura para atendimento".

Confira Nota Prefeitura de Juazeiro:

Hospital Materno infantil de Juazeiro está com capacidade excedida 

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) informa que o Hospital Materno Infantil está com a lotação de leitos completa e não pode receber novas pacientes neste momento. Para administrar o atendimento e garantir a segurança de mães e bebês, está priorizando os casos mais graves e outros casos estão sendo regulados para outras unidades. 

O Hospital Materno Infantil atende 53 municípios que compõem a Rede PEBA (hospital de Pernambuco e Bahia), realizando em média 400 partos por mês.

A direção da maternidade está trabalhando para normalizar o atendimento.

Sobre a falta de insumos cirúrgicos, o fornecedor pediu o prazo de 20 dias para a entrega alegando falta de matéria-prima. A direção reforça que não tem medido esforços para normalizar a situação o quanto antes.

Redação redeGN com informações Ascom PMJ

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.