RedeGN - Imprimir Matéria

Reminiscências... Palanque eleitoral em Juazeiro, em 1976

12 de Aug / 2021 às 22h19 | Reminiscências

Veio de um grupo de Juazeirenses no WhatsApp, a histórica fotografia da eleição de 1976, em Juazeiro, que ficou marcada pela disputa entre dois tradicionais empresários de Juazeiro: Arnaldo Vieira, da Pioneira, e Etelvir Dantas, da rede de Supermercados Pinguim.

No palanque figuras como Etelvir Dantas, candidato a prefeito, Dirley Borges, Paganini Nobre, Prisco Viana, Ivan Amorim, Camaiura, dentre outras pessoas.

No grupo, batizado com o nome de Amigos de Juá, composto majoritariamente por filhos da terra, a foto rendeu pitadas de saudosismo, lapsos de memória e histórias interessantes.

“Eleição para prefeito em 1976 vencida por Arnaldo Vieira. Etelvir distribuía camisa Hering com Silk-screen, caminhões de bicicleta Monark e cerveja Skol em lata e perdeu com mais de 6 mil votos de diferença”, lembrou um.

Um outro integrante lembrou que Etelvir contestou o resultado e a justiça lhe deu ganho de causa 20 anos após a disputa, quando o candidato vencedor já tinha saído a muito da gestão e já era falecido.

A fotografia mostra um dos comícios de Etelvir Dantas, em Frente à Dijauto, um revendedora de automóveis localizada no centro da cidade.

Nos relatos de quem viveu esse momento político de Juazeiro, um grande esforço de memória para tentar lembrar detalhes daquela eleição: 

“A diferença de votos em 1976 foi isso mesmo uma lapada. No dia da eleição Etelvir abriu um caminhão de Skol do lado da casa dele em frente ao Baneb, na Conselheiro Saraiva”.

“Eu tinha 10 anos e me lembro de uma caminhada que meu pai fez para Arnaldo, saindo da rua 15 até a casa de Arnaldo, todos vestidos com uma camisa com uma formiga e a combi de Gil Brás puxando”.

“Skol não, Carslberg”.

“Skol em lata”.

“Quem representava a Carslberg e a Chopp 70 era o pai de Bertinho Cavalcanti”.

“O pingüim comprava muito e recebeu o patrocínio”.

“Nada disso, a distribuição foi num caminhão frigorífico ao lado do Baneb”.

“Era um caminhão tipo trio elétrico que percorreu da casa dele até a toca do Leão”.

“Nada disso, a distribuição foi num caminhão frigorífico ao lado do Baneb”.

“O comício de encerramento foi na Dijauto e depois ele fez a festa na porta da casa dele. A TOCA DO LEÃO só foi criada na eleição de 1978”.

“ Etelvir recorreu do resultado e depois de vários anos a justiça deu ganho de causa para Etelvir. Arnaldo já tinha falecido”.

“Será que Etelvir tinha realmente ganho está peleja...Não tinha ideia deste desdobramento...”

“Cacá, Cafezinho, Raimundo Bodeiro, Futuca, Zé Barbosa, Carne Assada, Maninho Porca, João Medrado, Lima Del Mar, Pericles Mota, Seo Arnulfo, Antônio Joaquim e outros que agora não lembro formavam o CONSELHO POLÍTICO DO GRUPO DO LEÃO”.

“Obrigado, pela lembrança do meu saudoso pai. Em memória (Lima Delmar)”.

O retrato da história se conta assim, com imagem e histórias de quem viveu... Quem sabe mais? 

(Pauta aberta no link de comentários da redeGN, nesta matéria)

Da redação redeGN/ Foto: Arquivo Grupo Amigos de Juá - WhatsApp)

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.