RedeGN - Imprimir Matéria

Odacy solicita cópias de notas fiscais de postos e convoca audiência pública para discutir o preço abusivo da gasolina em Petrolina

06 de Apr / 2011 às 17h30 | Política

O deputado estadual Odacy Amorim (PSB) não ficou só no discurso e já partiu para a prática sobre a denúncia que fez semana passada de que em Petrolina se compra a gasolina mais cara do Estado, sendo também um das mais altas do país. Em pronunciamento ontem (5) à tarde na Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado informou que já solicitou oficialmente ao gerente da Petrobras em Pernambuco, Álvaro Lins, e ao secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara, cópias degitalizadas das notas fiscais dos postos emitidas no primeiro trimestre desse ano. 

A solicitação do parlamentar atinge os estabelecimentos localizados em Petrolina, Salgueiro e Vitória de Santo Antão, incluindo também notas por amostragem de três postos de combustíveis do Recife. “Queremos fazer o comparativo dessas notas e provar que os postos de Petrolina sofrem cobrança diferenciada da Petrobras. Já constatei que num posto de Vitória de Santo Antão o litro da gasolina chega a pouco mais de R$ 2,50, enquanto em Petrolina a tendência é esse valor ultrapassar os R$ 3,00”, revelou Odacy. 

Odacy Amorim comentou também que entre Feira de Santana/BA e Petrolina, duas cidades próximas, o frete da gasolina varia R$ 0,20 por litro, o que corresponde a um valor entre R$0,06 e R$ 0,10 centavos mais caro. “Insistirei para resolver esse assunto, porque não há justificativa para tanta diferença”, ressaltou o deputado durante sua fala na tribuna da Alepe. 

O deputado Odacy Amorim disse ainda que pretende realizar audiência pública sobre o assunto no âmbito da Comissão de Negócios Municipais, da qual é presidente, e vai convocar os Ministérios Públicos Federal e Estadual para participar. “Precisamos saber onde estão os excessos e assim buscar o preço justo para o consumidor petrolinense que há muito tempo cobra uma posição das autoridades”, justificou o socialista.

Cinara Marques - assessoria de imprensa

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.