RedeGN - Imprimir Matéria

Leitura dramatizada une Teatro e Literatura em transmissão ao vivo nesta sexta (30)

30 de Apr / 2021 às 07h00 | Variadas

As histórias de Maria Medeia, personagem criada por Fernanda Babel e Thom Galliano para o texto 'Brevidades ou relembramentos de Maria Medeia', irão ganhar nova forma em uma Leitura Dramatizada, que será realizada hoje (30).

As atrizes Fernanda Babel, Taís Veras, Andrezza Santos e Zuleika Bezerra são as responsáveis por dar vida à protagonista, uma cozinheira que retorna a sua cidade natal e tece os relatos de infância e juventude, bem como do exílio vivido por anos. A apresentação será transmitida ao vivo, às 20h, no canal do Youtube do Portal Culturama (https://abre.ai/youtubeculturama), e o acesso é gratuito.

Escrito entre 2018 e 2019, 'Brevidades ou relembramentos de Maria Medeia' foi pensado inicialmente como um monólogo para ser encenado por Fernanda Babel. Segundo a autora, a personagem nasceu do desejo de revisitar lembranças, como as que ela mesma viveu enquanto estudava em outro estado e estava distante dos colegas do Teatro. Mas, os ensaios e experimentações ao longo do tempo mostraram que não só das memórias de sua criadora Maria Medeia é feita. "Dar a vida, encenar, foi outra pesquisa, porque por mais que as memórias eram próximas, e da vontade de estar na cozinha ser algo presente em mim, a personagem não era eu. Então, houve pesquisas que mexiam com o meu jeito de ser para dar lugar a ela em suas emoções próprias, posturas e vozes", explica Fernanda.

A pandemia de Covid-19, porém, frustrou as previsões de estreia no Teatro e obrigou a equipe a realizar adaptações. Assim, na Leitura Dramatizada, que integra a programação da mostra 'Conexões Teatro e Juventude', Maria Medeia será vivida não apenas por uma, mas por quatro atrizes, cada uma representando a cozinheira em diferentes etapas da vida. Fernanda Babel acredita que a troca com outras intérpretes adicionou novas facetas à personagem. "Há uma sensação dupla. A primeira é de ver e ouvir outra pessoa interpretando um texto que você escreveu, onde ela vê um sentido diferente para aquela palavra, naquele lugar que você pensava diferente, ainda mais quando o texto apresenta sotaques diversos. A segunda sensação, como atriz, é a de poder ver outros 'coloridos' e outras emoções que antes você não via", afirma.

O fato de a apresentação ser encenada para um público virtual tem seus desafios, mas, como defende Thom Galliano, também permite testar novas montagens e somar entendimentos sobre o texto. Para o autor, o formato da Leitura Dramatizada, um híbrido entre Teatro e Literatura, mostrou-se ideal para essas experimentações. "A leitura se aproxima muito da contação de histórias, porque mexe com a imaginação. Ela carece que o público preencha algumas lacunas que não estão visíveis. Isso é muito poderoso, porque cada um entra com o tamanho de sua imaginação", reconhece Galliano.

A proposta para a realização de 'Brevidades ou relembramentos de Maria Medeia' foi aprovada pelo edital da Lei Aldir Blanc em Petrolina e conta com o incentivo da Prefeitura de Petrolina e do Governo Federal, através da Secretaria Especial da Cultura e do Ministério do Turismo. Para mais informações sobre a apresentação e a programação completa da mostra Conexões, basta acessar o Instagram (https://instagram.com/musicasparaamardemais).

Serviço

O quê: Leitura Dramatizada 'Brevidades ou relembramentos de Maria Medeia'

Onde: Canal do Youtube - Portal Culturama - https://abre.ai/youtubeculturama

Quando: Sexta-feira, 30 de abril, às 20h

Acesso livre

Ascom Virabólica

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.