RedeGN - Imprimir Matéria

Com 2022 no radar, Miguel Coelho vai à mesa com Raul Henry nesta quarta (7)

07 de Apr / 2021 às 14h15 | Política

O encontro está marcado para a tarde de hoje na sede do MDB. Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho vai à mesa com o presidente estadual do partido, o deputado federal Raul Henry.

A conversa se dará num cenário em que o gestor já coloca seu nome à disposição para concorrer ao Governo do Estado. Ao tratar do tema, Miguel tem associado a hipótese ao projeto de recondução do seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, ao Senado numa sinalização de que a legenda já teria uma chapa majoritária encaminhada.

Em entrevista à Folha, Miguel fez a seguinte consideração: "O partido já tem essa condição de chapa. Tanto pela questão da recondução do senador Fernando, como também poder voltar a ser, de fato, protagonista em Pernambuco, liderando um projeto majoritário a governador". Tal construção carrega no bojo alguns desafios. Um deles seria atrair apoios, concentrando dois nomes do MDB na mesma chapa que, nesse caso citado por Miguel, seriam ele e o pai.

Essa tem sido uma preocupação que também ronda a Frente Popular, por exemplo, quando se fala, nos bastidores, que Geraldo Julio encabeçar uma chapa reduz consideravelmente as chances de o governador Paulo Câmara concorrer ao Senado. O desafio dos Coelho reside ainda em montar o palanque do presidente Jair Bolsonaro em Pernambuco, considerando a condição de FBC de líder do governo, num cenário de sensível desgaste do gestor em função do trato que tem dado à pandemia. Em paralelo, não só Raul Henry, como também o senador Jarbas Vasconcelos têm sido críticos duros da atuação do presidente. Henry é autor de um pedido de CPI para investigar a situação de Manaus e chegou a apontar “negligência criminosa” do Governo Federal.

A missão incluirá ainda o esforço de fazer, na esteira, Henry subir no palanque de Bolsonaro. O MDB, hoje, integra a Frente Popular, liderada pelo PSB, que vem fazendo acenos ao ex-presidente Lula, variável citada por socialistas como determinante para inviabilizar uma recomposição dos Coelho com a Frente Popular, como já se ventilou.

Folha Pernambuco

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.