RedeGN - Imprimir Matéria

Casa Nova: Instituto Seculus tem mais uma pesquisa impugnada e proibida de ser divulgada

05 de Nov / 2020 às 20h00 | Eleições

Por decisão do Juiz Eleitoral da 66ª Zona, Vanderley Andrade de Lacerda, a empresa Seculus Consultoria e Assessoria Ltda., estabelecida em Salvador e contratada pela S2R Comunicação Ltda., foi impedida de divulgar pesquisa "com abrangência específica para o Município de Casa Nova, e relacionada à eleição do ano de 2020, para o cargo de Prefeito". 

O Juiz, ao acatar representação da Coligação A Mudança Continua, acata a argumentação do Representante que, entre outros cita "defeitos insanáveis no seu registro", demonstrando que "há uma grave falha na pesquisa impugnada", tendo em vista que a empresa ignora diversos fatores e conclui: "A empresa simplesmente ignorou informações".

A decisão do Juiz é sintética e definitiva: "A divulgação de pesquisas eleitorais deve ser feita de forma responsável devido à repercussão que causa no pleito" e conclui: "que os Representados Seculus Consultoria e Assessoria Ltda. Me e S2r Comunicação Ltda. / Bahia Notícias: 

1) se abstenham de publicação e divulgar a pesquisa registrada sob nº BA-04154/2020 para o município de Casa Nova - BA, desde a presente data até o julgamento final da representação, sob pena de multa diária no valor de R$10.000,00 (dez mil reais) " 

A Seculus enfrenta diversas impugnações neste pleito, sempre de forma definitiva, por não cumprir com as determinações da lei e até mesmo por descaracterizar nome de candidatos.  

Decisão Justiça Eleitoral

Por Manoel Leão

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.