RedeGN - Imprimir Matéria

Tomaram posse os Agentes Comunitários de Saúde da Família em Casa Nova

03 de Mar / 2011 às 14h40 | Política

Depois de passar por processo seletivo para contratação de agentes comunitários de saúde da família, no município de Casa Nova, em 2008, os 54 classificados tomaram posse, terça-feira (02), no auditório da Escola Municipal Alano Viana. Durante o evento o secretário de Saúde, Solon Xavier, exaltou a importância do trabalho dos ACs, destacados como os principais elos de ligação e de comunicação entre a comunidade e o sistema de saúde pública. “Um agente para se dar bem tem que saber entender e se comunicar com as famílias, o trabalho de vocês tem uma amplitude muito grande, pois o agente é a porta de entrada para a atenção básica de saúde, por isso, desejamos boas vindas e um bom trabalho a todos”.
 
 Na solenidade, os agentes receberam um kit contendo bolsa, boné e camiseta e a partir de amanhã (03) participarão de treinamentos e capacitações para executarem os trabalhos devidamente qualificados. Presente à cerimônia, o prefeito Orlando Xavier citou que a ampliação do atendimento de agentes no município é um legado da atual Administração. “Em 2009 existiam apenas duas equipes de saúde da família, em Casa Nova, convencido da importância do investimento em saúde, avançamos e ampliamos para oito postos de saúde, com isso aumentamos a cobertura no município e pretendemos cobrir 100% da área municipal”, destacou o prefeito.
 
Para a presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Laurita Dias, a terça-feira foi um marco na luta da categoria. “Neste momento está sendo glorificada a nossa luta, nossas reivindicações são atendidas pela atual administração e o número de agentes de saúde foi ampliado. Hoje vejo que vale a pena lutar por nossos direitos e pelos direitos das comunidades na qual estamos inseridos, explicou”.

Lidiane Cavalcante Asscom PMCN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.