RedeGN - Imprimir Matéria

Ibovespa ameniza baixa após cair até 2,5% com notícias de que Moro teria pedido demissão; dólar vai a R$ 5,49

23 de Apr / 2020 às 16h13 | Política

Após ficar bastante volátil com notícias envolvendo o remédio Remdesivir, da Gilead Sciences, o Ibovespa chegou a cair mais de 2% por volta das 14h45 com a informação do jornal Folha de S. Paulo de que o ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu demissão após ser informado pelo presidente Jair Bolsonaro de que pretende trocar a diretoria-geral da Polícia Federal, hoje ocupada por Maurício Valeixo.

Uma hora depois, porém, o índice quase zerou as perdas. Diferente do que informou o jornal, a GloboNews afirma que Moro não chegou a pedir demissão, mas fez uma ameaça de que deixaria o cargo caso o presidente realizasse a troca na PF.

Oficialmente, o ministério da Justiça disse que Sergio Moro não pediu demissão. Às 16h (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira registrava queda de 0,71%, aos 80.116 pontos – após chegar a cair 2,56% -, enquanto o dólar comercial avança 1,47%, cotado a R$ 5,4876 na compra e R$ 5,4889 na venda. Já o dólar futuro para maio sobe 0,04%, a R$ 5,466.

Ibovespa

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.