RedeGN - Imprimir Matéria

Durante aglomeração no centro de Juazeiro, guarda municipal usa da força física e spray de pimenta. Em Nota prefeitura acusa desacato

14 de Apr / 2020 às 13h26 | Coronavírus

Na manhã desta terça-feira (14) mesmo com os decretos municipais e estaduais pedindo que a população evite ao máximo sair de casa, videos denunciam centenas de pessoas no centro de Juazeiro (BA).

A multidão no centro da cidade esperando atendimento nas agências centrais como Caixa Econômica Federal, corre grande risco de disseminação do coronavírus e H1N1, tendo em vista que aumentou o número de casos de contágio de H1N1 e Coronavírus nos últimos dias.

Cenas mostram uma confusão com a guarda municipal usando da força e spray contra ums das pessoas que estava na rua. As informações são de que a grande aglomeração ocorre devido o pagamento do auxílio emergencial. Muitos acusam que a Caixa montou um esquema de atendimento que não é eficaz. O homem, que não teve o nome identificado foi preso após ser acusado de desacatar os Guardas Municipais.

Confira nota Prefeitura Juazeiro da Ascom GCM/CSTT

Na manhã desta terça-feira (14) uma equipe da Guarda Civil Municipal, estava organizando as filas da Caixa Econômica Federal na Praça Barão do Rio Branco quando foi surpreendida por um homem, que não estava em nenhuma das filas, gritando e desacatando os Guardas.

Diante do desacato, os Guardas realizaram a abordagem, mas o homem correu em direção ao Calçadão Conselheiro Saraiva. Além de resistir, desferiu socos contra os Guardas, que sofreram lesões no rosto e braços. O homem foi contido e encaminhado para delegacia da Polícia Civil para adoção dos procedimentos cabíveis. Os dois Guardas agredidos realizaram exames de corpo delito.

Confira os vídeos:

Foto: Reprodução

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.