RedeGN - Imprimir Matéria

Em pronunciamento na Câmara, Gonzaga Patriota rende homenagem póstuma a Hilário, comerciante de Petrolina

16 de Oct / 2019 às 08h30 | Política

Em pronunciamento na Câmara federal, nesta terça-feira (15), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) Lamentou com pesar, em discurso na tribuna, o falecimento do senhor Hilário Monteiro dos Santos, 80 anos, que faleceu no último sábado, 12 de outubro, em Petrolina.  “Pai impecável e exemplar de seis filhos (Ildenice, Irenice, Isnaldo, Ivaldo, Ildeci e Idário, construiu sua vida com muito trabalho”, disse me trecho do pronunciamento.

Gonzaga lembrou a trajetória de Hilário até chegar a Petrolina: “ Hilário saiu da Prata, na Paraíba, para ganhar a vida em São Paulo, nos anos 60, assim como muitos nordestinos que não tinham medo do trabalho. Em 1969 retornou ao Nordeste e se implantou em Petrolina, aonde começou a trabalhar em uma churrascaria, situada na Praça da Algaroba. Essa churrascaria era ponto de apoio dos caminhonei-ros e ônibus que cruzavam o Sertão nordestino, infelizmente o negócio não deu certo. No primeiro mo-mento, ele se desesperou, mas como nunca perdia o ânimo e nem a esperança montou um pequeno negócio e tornou-se feirante, quando a feira era na Avenida Souza Júnior. Com isso, viu Petrolina se transformar ao longo dos anos e contribuiu como comerciante para o desenvolvimento da cidade que fez parte da sua vida” discursou.

Em outro trecho do pronunciamento, lembrou o pai, o avô e o poeta que foi o homenageado: “Hilário Monteiro dos Santos partiu com o sentimento de dever cumprindo. Foi um pai, esposo, avô e homem exemplar. Deixou, além da esposa e dos seis filhos, 15 netos e três bisnetos e inúmeros amigos e admira-dores do homem que com coragem, garra, muito verso e poesia, venceu os desafios da vida. Hilário era defensor da poesia simples do homem do campo, da literatura de cordel, das cantigas de viola. Adorava fazer rimas e versos das situações do dia a dia e por onde passava, deixava a sua men-sagem em forma de poesia”, expressou.

Seu Hilário foi sepultado no último Domingo (14) no Cemitério Campo das Flores, no centro de Petrolina.

Da redação GJ Notícias

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.