RedeGN - Imprimir Matéria

Exu: Projeto Filme Légua Tirana restaura casas e promove valorização da identidade do patrimônio histórico

03 de Nov / 2018 às 08h00 | Variadas

As comunidades de Pamonhas, Barro, Tabocas, Brejo de Santo Inácio, Serrinha, Araripe, Gritadeira, Caiçara e Gameleira, todos localizados em Exu, Pernambuco, através de uma parceria com a produção e direção do Filme Légua Tirana, já vislumbram um novo cenário no local.

A iniciativa de preservar e cuidar da manutenção do patrimônio, valorizar o espaço artístico e cultural é da equipe do filme Légua Tirana.

Os moradores das comunidades revelam a garantia e a permanência da identidade cultural, além de incentivar outras ações que atuarão na manutenção da memória coletiva.

O cineasta Marcos Carvalho agradece o empenho, a parceria de todos os moradores e proprietários dos imóveis parceiros do projeto. "Isto é a realidade vivida aqui neste momento. Muito Trabalho, comprometimento com a valorização da Cultura gonzagueana e da classe dos artistas", diz Marcos.

A história de Luiz Gonzaga, dessa vez terá nas telas dos cinemas a história focada na infância, trata-se do novo filme: ‘Legua Tirana’. 

O Projeto Légua Tirana foi aprovado no VIII edital de Fomento ao audiovisual do Estado de Pernambuco- Funcultura. 

Légua Tirana contará com nomes, dos mestres do cinema, Tairone Feitosa, Sergio Silveira, Diogo Fontes, Antonio Luiz Mendes Soares, Rubens Shinki. No elenco já confirmados os nomes de Claudia Ohana, Matheus Nachtergaele, Chico Diaz, Jackson Antunes, Bruno Goya, Kayro Oliveira, Reinaldo Oliveira, Joquinha Gonzaga, Eliana Figueredo, Erivaldo Oliveira, Tonico Pereira, Luiz Carlos Vasconcelos, entre outras atrizes e atores.

O idealizador do projeto é Marcos Carvalho, considerado na atualidade um dos mais talentosos cineastas brasileiros. Marcos é também o idealizador do Projeto Cinema no Interior e um dos diretores e produtores do longa-metragem “Na quadrada das águas perdidas”, realização da Mont Serrat Filmes e vencedor de mais de 16 prêmios, dentre eles, melhor filme, fotografia e trilha sonora no IV Festival de Cinema de Triunfo.

Foi em Exu e adjacências que Luiz Gonzaga, ainda criança ao lado do pai, Januário, afamado tocador de 8 baixos e acompanhado da mãe Santana que o menino "Lua aprendeu a ouvir a natureza sertaneja que veio a alicerçar o olhar universal da cultura brasileira, a partir de Exu."

Légua Tirana é um mergulho no universo de cores, ritmos e sonoridades de onde Luiz Gonzaga surgiu para revolucionar a música brasileira. seguindo o fluxo de consciência do artista em seu momento final, o filme acompanha o menino Luiz Gonzaga em seu aprendizado de vida. 

Nesta jornada em busca do seu dom e do seu destino, ele aprende a ouvir o mundo escutando músicos, rezadeiras, romeiros, cegos de feira, retirantes e finalmente com a própria natureza. De cada um desses mestres, recolhe o essencial para construir a matriz sonora da sua revolução musical.

Redação Blog

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.