RedeGN - Juazeirense vence competição no Rio Grande do Sul e chama atenção da imprensa para o Caso Beatriz, assassinada em Petrolina

Juazeirense vence competição no Rio Grande do Sul e chama atenção da imprensa para o Caso Beatriz, assassinada em Petrolina

Ulbert Oliveira de Lima sangrou-se Campeão Nacional de Ciclismo no último final de semana, quando venceu a competição em Canoas, Rio Grande do Sul. A imprensa do sul e sudeste destacou que ele chamou a atenção para o crime acontecido em Petrolina. Em contato com a redação do blog Ulbert confirmou que na oportunidade clamou por Justiça e para que as autoridades possam esclarecer o nome dos envolvidos no assassinato da menina Beatriz Mota, morta brutalmente no dia 10 de dezembro de 2015.

"Sou pai de família e sou solidário a dor dos pais de Beatriz, Sandro e Lúcia. A oportunidade de ganhar a corrida veio a homenagem e clamar por Justiça", disse Ulbert.

Ulbert é considerado pela imprensa esportiva brasileira um talento paraolímpico da Bahia. Ele posição de destaque no ranking brasileiro em 2013. Aos 13 anos, Ulberte descobriu um problema cardíaco, tinha uma veia arterial entupida, o chamado Sopro no coração. Teve que se mudar para Salvador para iniciar o tratamento, um ano depois precisou fazer uma cirurgia no coração. Para auxiliar o tratamento, os médicos recomendaram que o jovem praticasse algum esporte. “Já gostava de ciclismo, e por recomendação médica, ele mandou praticar um esporte, ai então, optei pelo ciclismo”, disse.

Redação Blog