RedeGN - Estudantes promovem campanha para incentivar a doação de sangue em Juazeiro

Estudantes promovem campanha para incentivar a doação de sangue em Juazeiro

Quebrar preconceitos e incentivar a solidariedade. Esse é o objetivo de estudantes e professores do Colégio Estadual Rui Barbosa, em Juazeiro, que nesta semana desenvolveram uma série de ações sociais com o intuito de incentivar a população a doar sangue para a hemoba. Durante a campanha, os alunos motivaram também a comunidade a realizar o cadastramento de medula óssea.

“O projeto fez com que saíssemos dos muros do colégio e fôssemos atrás de pessoas para doarem sangue para a Hemoba. O trabalho foi para ajudar pessoas que estão precisando de sangue. As pessoas tem medo de agulha, de doar sangue, e por isso deixam de fazer a doação. Doar sangue é um gesto solidário”, disse o aluno Bruno Sousa, em entrevista ao programa Geraldo José desta sexta-feira (03).

A professa Neusa Sousa, explicou que esta foi a segunda etapa do projeto interdisciplinar desenvolvido em conjunto com todos professores que atuam no colégio. Para Neusa além da aprendizagem sobre o processo de doação de sangue, os estudantes puderam promover o sentimento de solidariedade nas pessoas. “Essa é a segunda etapa do projeto. A ideia era que os alunos desenvolvessem a autonomia e a criatividade. A atividade desenvolvida foi extraescolar e eles tinham que atingir a comunidade. Os estudantes aprenderam a doar sangue e também despertaram a solidariedade nas pessoas”, disse.

Para doar sangue na Hemoba é preciso que os candidatos compareçam portando documento original com foto, que pesem acima de 50 kg, estando bem descansados e alimentados. É preciso ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, não fumar por pelo menos duas horas e não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes.

Da redação Alinne Torres/ Fotos Geraldo José