RedeGN - Sem segurança barracas são arrombadas no Mercado Popular de Juazeiro

Sem segurança barracas são arrombadas no Mercado Popular de Juazeiro

A falta de agentes da Guarda Municipal ou de qualquer outro tipo de segurança no Mercado Popular provocou enorme prejuízo a duas comerciantes na madrugada desta quarta-feira (18), em Juazeiro.

Dona Madalena Souto que investiu em torno de R$ 2.000,00 na aquisição de calçados buscando um pouco mais de lucratividade neste final de ano declarou no programa Geraldo José na Transamérica FM que não sabe o que fazer com tamanho prejuízo.

"Ladrões invadiram o mercado na madrugada desta quarta e levaram tudo que investi para este final de ano. Há muito tempo o nosso mercado não tem segurança, não tem um administrador, e às vezes é a gente que fecha o portão que não se quer um cadeado, com isso a bandidagem se aproveita para arrombar nossas barracas", disse temerosa Dona Madalena.

Dona Silvana da Silva Bezerra que comercializa confecções e perfumes alegou que o seu prejuízo foi menor, mas reiterou a falta de segurança no entreposto localizado no centro da cidade. "Nesta quarta foram arrombadas quatro bancas e nós estamos com receio de adquirir novos produtos, pois com a falta de segurança no local com certeza os bandidos vão voltar", declarou Silvana.

O presidente da Associação de Permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira endossou as reclamações. "Há poucos dias arrombaram o Armarinho de Marli, um dos mais antigos do mercado e a vigilância continua a mesma dia sim, dia não. Esta situação nas feiras e mercados de Juazeiro parece fim de governo, onde gestor derrotado abandona a gestão de vez", concluiu.