RedeGN - Polícia deflagra Operação para combate ao tráfico de drogas, furto e receptação em Petrolina

Polícia deflagra Operação para combate ao tráfico de drogas, furto e receptação em Petrolina

Numa ação para coibir o tráfico de drogas, furto e receptação, Policiais Civis da delegacia do Ouro Preto (213ª Circunscrição) em Petrolina, prenderam nesta quarta-feira (17), cinco homens acusados de diversos crimes. No bairro Jardim Petrópolis os policias prenderam Gilcelio Araujo da Silva, de 31 anos e  Leandro Dantas Barbosa de 20. Os acusados que vinham sendo monitorados pela polícia foram presos na frente da casa de Leandro e com eles os policiais localizaram 30 pedras de crack pesando cerca de seis gramas escondidas dentro de um isqueiro.

De acordo com os policiais, os acusados costumeiramente transportavam apenas uma pequena quantidade da droga para não chamar atenção da polícia, escondendo em uma sacola enterrada próximo a residência de Leandro o restante da droga. Já no bairro Vale do Grande Rio, Paulo Cezar Gomes da Silva, também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas após policiais civis localizarem na casa do acusado nove pedras de crack.

Bruno de Souza Rodrigues, de 18 anos, acusado de furto foi preso e levado para delegacia por ser identificado como autor do furto de uma bicicleta juntamente com Robyson Ricardo Alves de Souza, de 25, que foi internado por familiares em um centro de recuperação para viciados em crack na ultima segunda-feira (15)l. De acordo com as investigações os dois acusados venderam a bicicleta por R$30, a Romero Alves da Silva, que tem passagem pela polícia pela prática de homicídio no Estado da Bahia, acusado de receptação de objetos furtados. Na casa de Romero foram localizados a bicicleta objeto do furto e diversas peças de bicicletas, que foram apreendidos. De acordo com os policiais, Bruno de Souza Rodrigues e Robyson Ricardo, são conhecidos pela prática de crimes contra o patrimônio.

O acusado de furto Bruno e o receptador  Romero Alves após esclarecimentos foram liberados para responder em liberdade inquérito instaurado por portaria. Já os três presos acusados de tráfico de drogas, Gilcelio Araujo, Leandro Dantas e   Paulo Cezar Gomes foram conduzidos ao Presídio Doutor Edvaldo Gomes,, onde permanecem a disposição da justiça.

Assessoria de Comunicação Diretoria Integrada do Interior 2