RedeGN - Mesa Diretora da Assembleia terá duas vagas do PT e duas da oposição

Mesa Diretora da Assembleia terá duas vagas do PT e duas da oposição

A eleição para a composição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), para o biênio 2013-2015, só ocorrerá no dia 1º de fevereiro, mas a distribuição partidária já está definida. De acordo com o presidente Marcelo Nilo (PDT), que deverá ser mantido no posto pela quarta vez, agora em chapa única, os demais cargos serão divididos proporcionalmente. Com a maior bancada da Casa, o PT ocupará 1ª vice-presidência e a 4ª secretaria. O PSD, segundo maior partido em número de parlamentares, ficará com a 2ª vice-presidência. Os governistas terão ainda a 3ª vice-presidência (bloco PSL/PRB/PP) e a 3ª secretaria (PDT/PCdoB). A oposição continuará a ter direito a duas cadeiras, só que na 1ª e 2ª secretarias, uma das quais a ser ocupada pela ala PSDB/PR. Em relação aos nomes, Nilo fez questão de salientar que "cabe aos partidos se articularem entre si". A meta é a de que a partilha do bolo não só atenda aos anseios partidários, mas sobretudo evite um perigoso bate-chapa. Atualmente, o fatiamento é semelhante ao proposto, à exceção do troca-troca de vagas entre petistas e peessedistas. O 1º vice é Leur Lomanto Jr. (PMDB); o 2º é Aderbal Caldas (PP) e o 3º é Carlos Ubaldino (PSD). O primeiro secretário é J. Carlos (PT); o 2º é Elmar Nascimento (ainda PR); o 3º é Álvaro Gomes (PCdoB) e a 4ª é Maria Luiza Laudano (PSD).

BN