RedeGN - Programa baiano é referência para projeto nacional do Ministério da Saúde

Programa baiano é referência para projeto nacional do Ministério da Saúde

A exemplo do que aconteceu com o programa de Internação Domiciliar, mais uma ação implantada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) serve como modelo para a implantação, em todo o país, de um projeto pelo Ministério da Saúde (MS). Desta vez, trata-se do rastreamento do câncer de mama, por meio da disponibilização de unidades móveis para a realização de mamografias, integrando o ‘Outubro Rosa’, movimento internacional que estimula empresas, população e entidades a trabalhar na prevenção e tratamento do câncer de mama. A iniciativa foi referência para a criação, em nível nacional, do Programa de Mamografia Móvel, instituído pelo MS com o objetivo de qualificar e ampliar a assistência oncológica no Brasil, principalmente entre as mulheres das camadas mais carentes da população.

Ação baiana

O trabalho de rastreamento do câncer de mama realizado na Bahia, que inspirou o programa lançado pelo MS, foi desencadeado pela Sesab no último mês de setembro, como parte do ‘Outubro Rosa’, e deverá beneficiar mais de seis mil mulheres que moram em Salvador. Inicialmente, o atendimento, em Salvador, foi feito na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), no Cabula; no Hospital João Batista Caribé, no Subúrbio Ferroviário, e no Hospital Especializado Dom Rodrigo de Menezes, em Cajazeiras.

Secom Fotos: Carol Garcia/Secom