RedeGN - Comissão de Meio Ambiente discutiu ações no Combate a Seca com Rui Costa‏

Comissão de Meio Ambiente discutiu ações no Combate a Seca com Rui Costa‏

Em reunião da Comissão de Meio Ambiente Seca e Recursos Hídricos na Assembléia Legislativa, presidida pelo deputado estadual Adolfo Viana (PSDB), ocorrida na manhã desta quarta-feira (30), o governo do Estado, representado pelo secretário da Casa Civil Rui Costa, admitiu não estar preparado para enfrentar a severa seca que acomete o sertão baiano. A ideia de convidá-lo, segundo Viana, é para eximir todas as dúvidas sobre as ações do governo no combate à seca. “E a partir daí, percorrermos as regiões para comprovar se as medidas são ou não eficazes. Já temos agendada a visita a várias cidades, começando por Juazeiro”, disse o parlamentar tucano.

O secretário, por sua vez, ao ser questionado pela bancada da oposição na Alba, quanto à falta de planejamento no controle de um fenômeno natural que vitima milhares de pessoas no Sertão e Semi-Árido baiano, disse não existir projetos estruturantes, capazes de amenizar o impasse, nas prateleiras e só agora com o agravamento da situação que estão tomando providências. Por fim, Rui Costa parabenizou a iniciativa da Comissão de Meio Ambiente e destacou a importância da oposição em estar preocupada com a situação que compromete 244  cidades que se encontram em situação de emergência.

Um levantamento realizado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) aponta prejuízos de até R$ 7,7 bilhões. Caso não chova até o mês de outubro. Esta é considerada a pior seca em 47 anos. Na pesquisa foi detectada redução de 40% na produção agropecuária, e uma queda de 20% no setor de serviços e comércio dos municípios ayingidos pela seca.

Ascom Adolfo Viana