RedeGN - Juazeiro: Criadores atingidos pela seca podem adquirir milho para alimentar animais

Juazeiro: Criadores atingidos pela seca podem adquirir milho para alimentar animais

Produtores familiares e cooperativas de gado de leite e corte, aves, suínos, caprinos e ovinos de áreas correspondentes à Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) já podem adquirir milho com preço subsidiado para alimentar os animais. A medida do Governo Federal beneficia produtores familiares inscritos no Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) – linha de crédito rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) – e que estejam localizados em municípios em estado de calamidade por causa da estiagem. Cada produtor pode adquirir individualmente até três toneladas de milho. Para as cooperativas, o limite chega a três mil toneladas do produto, pelo preço de R$ 18,10 a saca de 60 quilos. 

Os produtores podem participar da operação de venda em balcão de 200 mil toneladas de milho dos estoques oficiais da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A Portaria Interministerial nº 470, que autoriza a operação, foi assinada pelos ministérios da Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e publicada nesta sexta-feira, dia 25 de maio, no Diário Oficial da União.

A Prefeitura Municipal de Juazeiro através da Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SEADRUMA); a EBDA; ADAB e a ACCOSSF, informam aos criadores da região que o cadastramento para o programa de aquisição de milho para ração, acontecerá na próxima terça-feira (29), das 8h às 12h, no Auditório da Codevasf - 6ª SR, em Juazeiro.

O programa que é uma realização do Governo da Bahia através da Secretaria Estadual de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (SEAGRI) e da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB); irá disponibilizar a ração a preço de custo (R$ 22,20 por saco de 60 kg) na tentativa de minimizar as perdas com a criação, decorrente da forte estiagem que acomete o município, e todo o Nordeste.