RedeGN - Operação Conjunta entre PC e PM prende duas pessoas e erradica roça de maconha com mais de 700 pés da erva em Lagoa Grande

Operação Conjunta entre PC e PM prende duas pessoas e erradica roça de maconha com mais de 700 pés da erva em Lagoa Grande

Uma operação conjunta entre policiais civis e militares desencadeada na madrugada de quarta-feira (2) resultou na prisão em flagrante de Joel Antunes de Oliveira, 69 anos e Simaria Antunes da Silva de 27. Ambos foram autuados por associação para o tráfico e posse ilegal de armas de fogo no sítio Tabuleiro, próximo ao povoado de Jutaí, distrito do município de Lagoa Grande, sertão de Pernambuco.

A operação foi um esforço conjunto entre as equipes policiais do Malhas da Lei da 25ª Delegacia Seccional de Cabrobó, Núcleo de Inteligência do Sertão da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar em Cabrobó e da 7ª em Santa Maria da Boa Vista.

Os policiais chegaram aos suspeitos quando tinham por objetivo cumprir um Mandado de Prisão em desfavor de Rivelino Torres de Oliveira, 35 anos, pela prática de um triplo homicídio na cidade de ITAPEVI (SP), no entanto, ele percebeu a aproximação das equipes policiais e antes de se realizar o cerco na residência empreendeu fuga pela caatinga, deixando sua companheira Simaria Antunes no local.

Ao prosseguir a operação os policiais encontraram nas residências de Joel Antunes de Oliveira, pai de Rivelino e Simaria Antunes (companheira do acusado) vários objetos ilícitos sendo: 4, 140 kg (quatro quilos cento e quarenta gramas) de maconha pronta para o consumo, 2,260 kg (dois quilos duzentos e sessenta gramas) de semente de maconha, Haxixe, além de um rifle calibre .22, semi-automático, uma espingarda calibre .32 e munições de igual calibre. Todo o material encontrado foi apreendido. Já na propriedade do senhor Joel Antunes, após seguir uma pequena trilha que adentrava a caatinga, os policiais localizaram um plantio de maconha com aproximadamente 700 pés da erva que foi erradicado no local, além de apreenderem mangueiras e motor elétrico, cuja energia para irrigação do cultivo era puxada da residência dos suspeitos.

Os presos foram autuados na Delegacia de Cabrobó e encaminhados as unidades prisionais do sertão. Joel Antunes foi conduzido à cadeia pública de Santa Maria da Boa Vista e Simaria Antunes à cadeia feminina de Verdejantes. Os policiais ainda estão realizando buscas na região para prender Rivelino.

Jucianna Kelly Terto Ascom Gerencia de Polícia do Sertão - II