RedeGN - Audiência pública discute aplicação dos direitos dos surdos

Audiência pública discute aplicação dos direitos dos surdos

Na última segunda-feira (26) a Comissão de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou uma audiência pública em comemoração ao Dia Nacional dos Surdos. O evento ocorreu logo após a 10ª passeata em Defesa dos Diretos Humanos para os Surdos e reuniu no Plenário da Alepe diversas entidades que atuam em prol do segmento. A presidente da Comissão, deputada Isabel Cristina (PT), foi a autora da proposta da reunião, a partir de uma solicitação da Federação Nacional de Integração dos Surdos (Feneis). Ela recebeu um documento com as principais reivindicações das entidades.

Segundo a coordenadora da mobilização pública do movimento dos surdos, Mariana da Hora, entre as principais reivindicações estão a melhoria na educação, saúde e acessibilidade. “Precisamos de intérpretes em locais específicos. No ensino, por exemplo, faltam professores capacitados, ainda mais no Interior. Além da necessidade de escolas direcionadas à formação dos surdos, é preciso que profissionais especializados atuem em locais que prestam outros serviços, a exemplo de hospitais. Já aconteceu de um medicamento ser receitado equivocadamente, pois o médico desconhecia a Libras”, explicou.

Para a deputada Isabel Cristina-PT, ainda há muitos pontos que a sociedade precisa estar atenta em relação aos direitos dos surdos. “É clara a necessidade de acessibilidade, apoio e incentivo aos esportes, além do respeito e comunicação em Libras nos Hospitais. Precisamos, portanto, exigir que a lei assegurando os direitos dos surdos seja aplicada”, afirmou.

Ascom Deputada Isabel Cristina