RedeGN - Prefeito de Casa Nova participa da 22º Fenagri

Prefeito de Casa Nova participa da 22º Fenagri

O prefeito de Casa Nova, Orlando Xavier, acompanhado de secretários municipais, participou da abertura da 22ª Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri), que aconteceu na noite de ontem (27), no auditório da Universidade Federal do Vale do São Francisco –Univasf / Juazeiro-BA. De acordo com o prefeito, a feira é um evento da fruticultura de todo o Vale do São Francisco e do Brasil. “Produtores de todas as regiões do País estão participando da Fenagri, esta edição é uma das maiores e melhores de toda a história deste evento”,disse. Orlando Xavier. 

Na ocasião, o prefeito foi agraciado, pelo governador da Bahia, Jaques Wagner que atendendo pedido da comunidade de Poço da Pedra, solicitou ao Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, a construção do canal, de aproximadamente 4 quilômetros, que levará água da Barragem de Sobradinho para o povoado. “Fico satisfeito pela atenção do governador e do ministro por minha querida Casa Nova”, comemora Orlando Xavier. 

Durante o evento o governador da Bahia não poupou elogios à coordenação da Fenagri 2011, classificando a mesma como a maior feira de fruticultura irrigada da América Latina. O governador destacou ainda, as potencialidades do Vale do São Francisco, enfatizando as Dunas do Velho Chico e a Vinícola Ouro Verde em Casa Nova, que promove o roteiro enoturístico Vapor do Vinho, um roteiro inédito em toda América do Sul, que integra o turismo nos Estados de Bahia e Pernambuco. 

O passeio com duração de aproximadamente duas horas, dos municípios de Juazeiro e Casa Nova, na Bahia e Petrolina-PE, saí do porto até a barragem de Sobradinho, passa pela eclusa, uma espécie de elevador de águas que conduz a embarcação até o nível do lago de Sobradinho em meio à degustação dos vinhos, espumantes e brandy, o Vapor segue em direção à Vinícola Ouro Verde, um verdadeiro complexo enoturístico com 200 hectares implantados de uvas viníferas e a produção anual de 2,5 milhões de litros, que movimenta R$ 25 milhões/ano.

Lidiane Cavalcante Ascom PMCN