RedeGN - Após invasão de pessoas para tirar fotos das cheias na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, Chesf anuncia reforço na fiscalização

Após invasão de pessoas para tirar fotos das cheias na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, Chesf anuncia reforço na fiscalização

Para impedir o acesso às suas áreas de segurança, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) reforçou o efetivo de fiscalização e vigilância em todas as suas usinas hidrelétricas. Esta semana, foram feitos aditivos em contratos para evitar que pessoas invadam áreas restritas.

Por conta da cheia no Rio São Francisco, algumas pessoas invadiram áreas com risco de morte, para tirar fotos na Usina Hidrelétrica de Sobradinho (BA). Antes desse acontecimento, a Diretoria da Chesf já havia decidido pelo reforço na fiscalização, inclusive com uso de helicóptero, em Paulo Afonso (BA), e parceria com forças de segurança.

A Chesf alerta para importância de se observar, e respeitar, as áreas de segurança de barragens, cujo acesso é terminantemente proibido, pelo risco iminente de morte em caso de acidentes, bem como por se tratar de área de propriedade particular da Empresa, sendo a invasão sujeita a penalidades legais cabíveis.

A vigilância das áreas de Barragem em Sobradinho é de competência da Chesf que possui segurança patrimonial 24h em toda a extensão. Em decorrência do aumento do fluxo de pessoas nas imediações nos últimos dias, foi instalado posto de vigilância fixo armado na localidade, de forma a coibir eventuais tentativas de invasões. Do mesmo modo, foi reforçada a ronda motorizada em toda a extensão da barragem.

A Chesf busca sempre interagir com as forças de segurança locais, demandando sua pronta atuação em caso de desrespeito ao espaço privativo devidamente sinalizado, seja por invasão ou desordens.

Ascom Chesf Foto Ilustrativa