RedeGN - Rio São Francisco: Comportas da Hidrelétrica de Três Marias serão abertas nesta sexta (14)

Rio São Francisco: Comportas da Hidrelétrica de Três Marias serão abertas nesta sexta (14)

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) iniciará nesta sexta-feira (14), a abertura de comportas na Usina Hidrelétrica de Três Marias. A companhia justifica a ação considerando que as chuvas estão reduzindo devido ao enfraquecimento da Zona de Convergência do Atlântico Sul que atua no estado.

A Cemig havia informado que adiaria a abertura das comportas por causa da grave situação de municípios ribeirinhos por causa das chuvas.  Nesta quinta-feira 13, a capacidade volume útil da está em 82%.

Agora, a estatal espera, já a partir desta quinta-feira (13), que as vazões nos afluentes do Rio São Francisco comecem a reduzir, bem como as vazões no São Francisco no trecho entre a foz do Rio Abaeté e a cidade de Pirapora. Dessa forma, a abertura das comportas não agravaria a condição de cheia já vivenciada neste trecho.

Para o decorrer deste mês, está previsto que o reservatório da usina receba o maior volume já registrado no histórico para janeiro. A liberação de água através da geração de energia permanece em 850 m³/s e o nível do reservatório segue aumentando.

O processo de abertura das comportas na Usina Hidrelétrica de Três Marias será implementado gradativamente, conforme alinhado junto ao Operador Nacional do Sistema Elétrico - ONS e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico - ANA.
Confira a programação:

14/01/2022, sexta-feira: abertura das comportas com 500 m³/s às 8h00, totalizando 1.350 m³/s de defluência;
15/01/2022, sábado: ampliação do vertimento para 850 m³/s às 8h00, totalizando 1.700 m³/s de defluência;
16/01/2022, domingo: ampliação do vertimento para 1.400 m³/s às 8h00, totalizando 2.250 m³/s de defluência;
17/01/2022, segunda-feira: ampliação do vertimento para 2.000 m³/s às 8h00, totalizando 2.850 m³/s de defluência.

A Cemig ainda ressalta que as comportas permanecerão abertas após esta sexta-feira (14) e não estão descartados novos incrementos, conforme as condições que serão observadas na bacia do rio São Francisco nos próximos dias.

Redação redeGN Foto Cemig