RedeGN - Bolsonaro responde a Ivete Sangalo após cantora puxar coro contra ele; veja vídeo

Bolsonaro responde a Ivete Sangalo após cantora puxar coro contra ele; veja vídeo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) resolveu responder a cantora Ivete Sangalo, após a artista ter incentivado o público de um show, no último dia 29, a xingá-lo. O registro, feito uma festa em Natal, no Rio Grande do Norte, viralizou nas redes.

Segundo Bolsonaro, ele vai aplicar a redução em 50% no teto da Lei de Incentivo à Cultura, conhecida como Lei Rouanet e, por isso, a baiana, segundo ele, estava irritada.

"Quando entrei no governo o limite para Museu era de R$ 60 milhoes. Para artista era R$ 10 milhões por ano. Passamos para R$ 1 milhão ano e agora R$ 500 mil o limite. Nós queremos a Lei Rouanet para atender aquele artista que está começando, e não para figurões ou figurona, como a querida Ivete Sangalo, que está chateada. Acabou aquela teta deles gorda, de se pegar até R$ 10 milhões da Rouanet. Não quero que me defenda, quero que fale a verdade a meu respeito", disse nesta quarta-feira (5), em coletiva. [veja vídeo abaixo]

Em 2019, o presidente Jair Bolsonaro (PL) reduziu de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão o limite de arrecadações dos projetos inscritos na Lei Rouanet. Pelas regras do programa, as empresas podem deduzir até 4% do imposto de renda devido através de repasses para projetos culturais autorizados pela Secretaria de Cultura a captarem os recursos.

No final do ano passado, apesar da Advocacia-Geral da União (AGU) ter concluiudo que medida seria ilegal, Frias editou uma portaria vedando o uso de linguagem neutra em projetos culturais. O Ministério Público Federal (MPF) investiga a situação.

O secretário especial da Cultura, Mario Frias, também criticou a cantora nas redes sociais. O ex-ator avaliou que a baiana estava se prestando "ao ridículo papel de ser animadora de militante esquerdista".

Veja vídeo:

Fonte: BNews