RedeGN - Olinda cancela Carnaval 2022; prefeitura prevê um Auxílio Emergencial de Carnaval

Olinda cancela Carnaval 2022; prefeitura prevê um Auxílio Emergencial de Carnaval

Os clarins de Momo não vão ressoar em Olinda neste 2022, tal qual aconteceu o ano passado e pelo mesmo motivo: falta de segurança sanitária, agora, além da pandemia da Covid-19 que segue ativa, há o incremento do surto de gripe H3N2 que acomete Permambuco. 

O anúncio do cancelamento do Carnaval na cidade foi feito pelo prefeito Professor Lupércio, em coletiva realizada nesta quarta-feira no Palácio dos Governadores, sede do Executivo Municipal. De acordo com o prefeito, “a vida das pessoas está acima de qualquer evento”. 

Ainda de acordo com o Professor Lupércio, entidades, grupos e artistas representantes da cultura popular e tradicional da cidade, além de ambulantes, receberão o Auxílio Carnaval.

Em duas linhas de ação, o Plano de Apoio à Cultura de Olinda - pensado para amenizar os prejuízos da não-realização do Carnaval em 2022 - prevê um Auxílio Emergencial de Carnaval, com todos os trâmites adotados em 2021.

Outra iniciativa tomada pele prefeitura inclui o fomento à realização de festivais multiculturais no município, para realização no decorrer de todo o ano.

“Estamos trabalhando para que esse cancelamento ocorra de forma responsável, para preservar as vidas das pessoas e, ao mesmo tempo, queremos salvaguardar quem depende do Carnaval, amenizando os prejuízos", destacou Gabriela Campelo, secretaria de Patrimônio, Cultura e Turismo.

Festas Privadas: De acordo com o prefeito, sobre as festas privadas no Carnaval, o município segue o que dita o Decreto estadual, quanto ao limite de pessoas, bem como o atendimento aos protocolos sanitários.

Segundo Lupércio, Olinda vai acompanhar as decisões do Governo de Pernambuco quanto a eventuais mudanças, se acontecerem, sobre os critérios na realização dessas festas.

“Estamos alinhados com as decisões do Estado, e vamos aguardar como tudo isso vai ficar para ajustar aqui também em Olinda."

Folha Pernambuco Foto PMO