RedeGN - Operação Lei Seca em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas

Operação Lei Seca em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas

A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas pernambucanos sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

Em uma década, a OLS abordou 3.243.128 motoristas e as infrações por alcoolemia correspondem a 1,8% do total das checagens realizadas no Estado, totalizando nesse período 58.269 autuações.

Nestes casos, as infrações somam os motoristas que se recusaram a realizar o teste do etilômetro; os condutores que fizeram o teste sendo constatado algum índice de álcool consumido pelo motorista; e ainda os crimes de trânsito por embriaguez ao volante, quando a concentração de álcool é superior a 0,33, ou, igual ou superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, conforme define o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Das 58.269 autuações por alcoolemia, 77% delas ocorreram por recusas ao teste do etilômetro, o que corresponde a 45.047 condutores. Outros, 11.179 motoristas foram autuados por constatação e 2.043 por crime de embriaguez, que representam 3,5% em relação às infrações. Nos dez anos, 59.811 motoristas tiveram sua Carteira Nacional de Habilitação recolhida.

"Sabemos que o enfrentamento aos acidentes de trânsito é considerado um problema de saúde pública e o quanto é perigosa a combinação entre álcool e volante. Podemos dizer que, ao longo destes dez anos, a missão da Operação Lei Seca em Pernambuco tem sido, acima de tudo, promover uma mudança de cultura e de hábitos com relação ao comportamento das pessoas no trânsito. É dever de todos garantir a segurança e preservar a vida.

Obviamente que não queríamos ter números de infrações por alcoolemia, no entanto, em uma análise histórica, percebemos que as autuações desde 2012 se mantêm em níveis baixos, não ultrapassando 3,5% do total de abordagens a cada ano. Em 2021, uma década após a criação da Lei Seca, segundo projeção realizada pela Secretaria de Defesa Social, temos a estimativa de mais de 13 mil de vidas salvas em Pernambuco", afirma o coordenador da OLS em Pernambuco, Felipe Gondim.

Com foco na prevenção e no enfrentamento aos acidentes de transporte terrestre, trazendo a educação e a orientação aos condutores como um eixo principal - com a atuação das equipes educativas - além da fiscalização diária e permanente realizada por nove equipes em todo o Estado, a OLS preparou uma programação especial para comemorar os dez anos.

Na próxima terça-feira (7/12), as equipes irão realizar uma ação solidária na Fundação Hemope. Um grupo formado por mais de 80 pessoas, entre militares da PM, agentes do Detran-PE e técnicos da SES-PE, devem realizar a doação de sangue no Hemocentro do Recife, no bairro das Graças.

"Estamos nos unindo, neste final de ano, à missão do Hemope de também salvar vidas. Sabemos que fim de ano aumenta a necessidade de doadores por conta das datas comemorativas, por isso, escolhemos contribuir para aumentar os estoques. Um ato voluntário pode ser decisivo na vida das pessoas", comenta Gondim.

Folha Pernambuco