RedeGN - Prefeitura de Juazeiro celebra tradição nordestina na IX Festa do Vaqueiro

Prefeitura de Juazeiro celebra tradição nordestina na IX Festa do Vaqueiro

Vestindo gibão, devidamente paramentados, os vaqueiros foram chegando aos poucos à casa do vaqueiro João Bosco Xavier do Nascimento, o Bosquinho, onde a tradicional Festa dos Vaqueiros de Juazeiro começou, há 25 anos. Na concentração para a cavalgada, um café da manhã reforçado e o aboio, canto do vaqueiro, entoado durante todo o trajeto para conduzir cavalos e cavaleiros até a missa, no Ginásio de Esportes Aloísio Viana.

Emocionada, a prefeita Suzana Ramos ressaltou a felicidade de poder reverenciar os vaqueiros nesta nona edição. "Estou muito emocionada porque essa é a nossa cultura, é a cultura da nossa gente. E depois de dois anos sem ver uma Festa do Vaqueiro, no momento em que estamos vencendo essa pandemia, é muito gratificante participar dessa  celebração e cumprir o nosso propósito que é resgatar essa festa do vaqueiro e devolver ao povo", disse a gestora, que estava acompanhada do vice-prefeito Leonardo Bandeira, do deputado estadual Roberto Carlos, do secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Sérgio Fernandes e sua equipe.

Leonardo Bandeira parabenizou os envolvidos e enalteceu a figura do vaqueiro. "Mais uma vez, quero dar  parabéns à prefeita por fazer essa festa voltar para as mãos dos vaqueiros, que são os verdadeiros heróis do sertão, os verdadeiros heróis do nosso país", pontuou.

O secretário Sérgio Fernandes agradeceu a participação dos vaqueiros e o empenho da prefeitura na realização do evento. "Esse é um momento em que todas as atenções devem estar voltadas para a cultura do vaqueiro que é tradição na nossa cidade. Quero agradecer a participação dos vaqueiros, em nome de Bosquinho e do vereador Luciano do Vale, que se empenharam na realização desse evento, e à prefeita Suzana que valoriza muito essa tradição", destacou.

O deputado Roberto Carlos falou sobre a tradição da festa e destacou a bravura dos vaqueiros. "Eu quero parabenizar todos os vaqueiros. Eu sou do interior, meu pai foi vaqueiro e eu vi de perto o sofrimento e a bravura dele. Quero parabenizar a todos os envolvidos nesse evento, em especial a prefeita Suzana e o secretário Sergio Fernandes pelo empenho e determinação".

Celebração

João Bosco Xavier, o Bosquinho, falou sobre a alegria de comemorar a festa do vaqueiro. "Essa festa é uma satisfação imensa para o vaqueiro porque é a nossa cultura, a cultura do vaqueiro que está no mato, na caatinga, sofrendo com uma série de coisas e vem para essa festa se divertir, ver os amigos e ouvir a palavra do senhor. Isso é bom demais. Quero agradecer à prefeita Suzana, porque foi uma honra imensa ver a vaqueirama sair da minha casa", festejou.

Durante a celebração, os vaqueiros fizeram uma homenagem ao vaqueiro Ronaldo Alves dos Santos, falecido no dia 7 de setembro, quando aconteceria originalmente a festa. Após os ritos religiosos da tradição sertaneja, conduzidos pelo Padre José de Arimatéia, a festa ficou por conta do forró de Edinho e Juju, Jó e Tinho do Acordeon, Brenda Miranda e Cesar Adriano.

O evento contou ainda com a participação dos vereadores Luciano do Vale, Aníbal e Ítalo Marcelino, e com o apoio da Secretaria de Serviços Públicos, da Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes, do SAAE, Secretaria de Saúde, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. 

Ascom Seculte/PMJ