RedeGN - Juazeiro: Moradora é flagrada furtando plantas de árvores dos espaços públicos

Juazeiro: Moradora é flagrada furtando plantas de árvores dos espaços públicos

Uma moradora de Juazeiro, Bahia, foi flagrada numa cena inusitada. De acordo com um video que viralizou nas redes sociais, uma "Senhora", tira do canteiro uma muda de árvore que estava plantada numa rotatória. A planta foi plantada pela prefeitura.

O fato pode ser considerado furto. O furto é caracterizado pela apropriação de objeto alheio, sem consentimento e sem o uso de violência.

A beleza e a cor das flores devem sim atrair olhares de quem passa pelas ruas e avenidas, principalmente da região de Juazeiro, onde os termometros vem marcando em média 35 graus e plantar árvores deve ser um motivo de conscientização ambiental.  Mas muita gente não se contenta em apenas olhar. O hábito de "pegar" as flores tem deixado a maioria dos cidadãos insatisfeitos.

O objetivo da reportagem é que ela (a pessoa que furtou) se retrate. Pode ir lá e colocar de volta a planta.

NOTA PREFEITURA; A Prefeitura de Juazeiro informa que tem realizado obras e serviços em todo o município que trazem benefícios à população em infraestrutura, através de espaços e equipamentos públicos. A proteção e guarda do patrimônio público tem sido uma prioridade, esquemas de segurança foram criados para tentar evitar, cada vez mais, os crimes de vandalismo na sede e interior. Mas infelizmente ainda são recorrentes os registros de furtos e roubos em uma clara agressão à população e aos cofres municipais, como o ato registrado em vídeo por um cidadão esta semana que mostra uma mulher furtando plantas da rotatória do Mercado do Produtor.
 
Com esse tipo de vandalismo, todo o investimento financeiro e de trabalho depositados nesses espaços são impactados negativamente nos cofres públicos e no bem-estar da população. Por isso a Prefeitura de Juazeiro alerta para a gravidade destas ações contra o patrimônio e pede que a população denuncie tais atos.
 
O crime de vandalismo está previsto no artigo 163, parágrafo único, inciso III, do Código Penal Brasileiro, o autor do delito fica sujeito à prisão e multa, por danos ao patrimônio público. Caso a população presencie alguma ação suspeita, a orientação é denunciar junto à Guarda Civil Municipal pelos números 153 e (74) 3611.9880 ou à Polícia Militar no 190.

Ascom/PMJ

Redação redeGN