RedeGN - Rio São Francisco: Cantor Targino Gondim grava clipe do novo cd Belo Chico

Rio São Francisco: Cantor Targino Gondim grava clipe do novo cd Belo Chico

O cantor e compositor Targino Gondim amanheceu neste sábado (11) gravando o clipe e live do "nosso belo Chico". Targino revelou que está em estúdio gravando um CD que se chamará Belo Chico. "É uma homenagem ao Rio São Francisco, feita por mim e meus parceiros Roberto “Gogó” Malvezzi e Nilton Freitas". 

O objetivo é fazer uma viagem pelo Rio São Francisco, mostrando o que ele, Opará, significado indigena Rio Mar, tem de tão bom em toda a sua história de vida, os ribeirinhos, quais as dificuldades que o rio passa agora, como as questões sociais e ambientais, o seu o habitat. "Estamos transformando isso tudo em música, poesia, imagens”, revela Targino Gondim.

Além de canções inéditas ligadas ao Rio São Francisco o projeto prevê alguns clássicos, como Petrolina Juazeiro (Jorge de Altinho), Sobradinho (Sá & Guarabyra), Matança (Jatobá). Nesse caso, por ser um trabalho com caráter também didático, haverá versão tanto digital quanto em CD, voltado para salas de aulas e palestras. 

O cantor, em contato com a reportagem da REDEGN, voltou a declarar a defesa intransigente com o Velho Chico e ampliar o eco pela revitalização urgente, os investimentos em saneamento e recuperação das suas margens para que todos tenham vida e vida em abundância. 

Targino Gondim foi destaque no Jornal Folha de São Paulo, um dos mais lidos da América Latina. Aos 47 anos, pernambucano de Salgueiro e criado em Juazeiro, na Bahia, o sanfoneiro busca agora neste trabalho através da música o melhor sentimento para valorizar o meio ambiente.

Targino é criterioso e nos acordes da ousadia e empreendedorismo abre sempre novos caminhos inspirando nas lições de Luiz Gonzaga que pediu para não deixar o forró morrer.  

Com 28 discos gravados, seu melhor cartão de visitas talvez seja a autoria do maior sucesso gravado na voz de Gilberto Gil nos últimos tempos, "Esperando na Janela" (Targino Gondim, Manuca Almeida e Raimundinho do Acordeon). Mas é além de sua música que Targino impressiona praticando os acordes como empreendedor da sanfona.

Targino é responsável por quatro festivais na Bahia. Criou com o parceiro Celso Carvalho, o Festival Internacional da Sanfona. Este ano o evento reuniu  mais uma vez, em Juazeiro sanfoneiros do Brasil e de outros países,. Devido as regras sanitárias de distaciamento social o evento foi realizado nas plataformas digitais. 

Targino também produz o Festival de Forró de Itacaré, cidade vizinha a Ilhéus.  Em Andaraí, o evento Conecta Chapada é sucesso, tendo como palco à beira do rio Paraguaçu. Na Chapada Diamantina o Festival de Forró da Chapada realizaddo em Mucugê, Bahia é um dos mais esperados pelo público.  Para 2022 outros projetos aguardam que este período de pandemia passe para ser posto em prática. 

BOATO RIBEIRINHO: O novo cd de Targino Gondim, Belo Chico, vai trazer a poesia de Wilson Duarte, que tem parceria musical de Nilton Freitas e Wilson Freitas, bulindo com emoção dos ribeirinhos, na interpretação da música Boato Ribeirinho.

A canção, cantada e declamada rio afora há mais de 20 anos, é um verdadeiro grito de alerta contra os crimes ambientais cometidos ao longo dos anos. “Corre um boato na beira do rio, que o Velho Chico pode morrer, virar riacho e correr, pro nada, viajando por temporada, quando a chuva do meu deus dará chegar...”

Além da interpretação de Nilton Freitas, um dos autores, Boato Ribeirinho também ganhou vida nas vozes do próprio Targino Gondim e Elba Ramalho, Julia Ribas, Endira Freitas, Alexandre Aguiar, Gervilson Duarte, dentre outros.
 

Redação redeGN