RedeGN - Combate a incêndio em Campo Alegre de Lourdes conta com apoio aéreo nesta quarta (18)

Combate a incêndio em Campo Alegre de Lourdes conta com apoio aéreo nesta quarta (18)

Nesta quarta-feira (18) os Bombeiros de Juazeiro iniciam o décimo dia de combate ao incêndio florestal nas localidades de Baixão do Jacu, Bandeira de Baixo, Grandeza, Vista da Lagoa na Divisa entre os municípios de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes na Bahia.

A equipe conta com 18 Bombeiros Militares (7 Especialistas Florestais) sendo que a partir de hoje há possibilidade de contar com apoio aéreo. Confira as informações do 9º DIA DE COMBATE:

O 9º dia de combate foi executado como planejado no dia anterior pelos militares presentes, sendo sete deles especialistas no combate em incêndios florestais.

Dos 18 militares, 15 foram empregados no combate ao incêndio que se espalha pela serra, inúmeros focos foram avistados na região, por volta das 13 horas foram identificados aproximadamente sete focos no local, sendo que no dia anterior havia apenas três. O combate se estendeu até às 14 horas, ao encontrar a linha do fogo, a guarnição se separou em 2, sendo 8 militares em uma direção e 7 militares mais o guia do local para outra direção.

A extensão da linha era grande, e por conta do relevo ser incerto a linha por vezes contornavam por trás das GCIFS, necessitando de uma maior atenção e cuidado. Os combatentes relataram que efetuaram aceiros preventivos, combate direto, contudo ainda que o foco avançasse contra o vento, o combate foi árduo e não surtiu o efeito esperado.

Os outros três militares juntamente com dois moradores do local foram efetuar o monitoramento na área da Lagoa do Virgulino, para impedir que aquele local o incêndio fosse reiniciado. No lado oposto da serra em que combatia o incêndio, outro foco se levantou com muita força devido ao contra-fogo efetuado pelos moradores no dia anterior.

Às 12 horas os três militares se retiraram do ponto de monitoramento tendo encontrado alguns pontos quentes tendo debelado os mesmos.

As 11:50h foi informado que os dois aviões solicitados haviam pousado na região, contudo devido ao atraso na chegada dos caminhões de abastecimentos das aeronaves não foi possível fazer um combate inicial, como também na foi possível efetuar o reconhecimento da área.

Apenas um sobrevôo foi realizado na região, no momento em que as aeronaves chegaram em direção à pista de pouso da cidade de Campo Alegre de Lourdes.

Às 17 horas o Cap Rangel se fez presente ao Posto de Comando na comunidade do Mandarino portando dois rádios disponibilizados pela equipe das aeronaves para que sejam usados para comunicação durante o combate aos focos. Foi feito um resumo da ocorrência até o dia de hoje (terça-feira, 17) para conhecimento do Oficial presente e discutidos alguns pontos do combate do próximo dia.

O próximo dia de combate (quarta-feira, 18) será definido assim que os pilotos efetuarem um reconhecimento aéreo da região, já em uma área do terreno que permite um posicionamento estratégico e munidos de tais informações serão discutidas as possibilidades pela equipe e qual frente será atacada.

Da redação