RedeGN - Entre as primeiras no ritmo de vacinação, Casa Nova começa a vacinar acima de 18 anos  

Entre as primeiras no ritmo de vacinação, Casa Nova começa a vacinar acima de 18 anos  

O Prefeito de Casa Nova Wilker Torres (PSB), convocou neste domingo os casanovenses acima de 18 anos para vacinação a partir de segunda-feira (16/08), contra o COVID -19. 

A vacinação começou às 9:00 horas, na sala de vacinação do antigo SESP e será necessário a apresentação de um documento de identidade, cartão do SUS. É obrigatório o comprovante de residência. 

Lembrando que Casa Nova se manteve sempre à frente de todas as cidades da região no ritmo de vacinação o prefeito agradeceu aos casa-novenses pela pronta resposta ao chamamento da prefeitura: "Em todos os momentos, desde o primeiro dia, tomamos todas as medidas necessárias à prevenção da pandemia. Por isso Casa Nova teve o menor percentual de perdas em vidas humanas e o menor número de internamentos de casos graves" – ele registra. 

"A confiança da população em nossa administração, o profissionalismo, o empenho e o compromisso da equipe, a competência da Secretária Maria Regina e medidas certas nos momentos certos, fizeram Casa Nova estar sempre à frente de todas as cidades da região no ritmo de vacinação e seremos a primeira a vacinar todos os adultos. É uma vitória que quero dividir com todos. Muito Obrigado" – diz o prefeito, satisfeito e registrando seu "pesar e dor" pelas vidas perdidas durante a pandemia. 

O painel de acompanhamento da cobertura vacinal COVID-19 da SESAB – Secretaria de Saúde da Bahia, que pode ser acessado aqui, mostra, neste domingo (15/08),  Casa Nova com 33.670 pessoas vacinadas com a primeira dose e 13.085 com a segunda dose.  

"Ainda há pessoas que não compareceram para a segunda dose" – lembra Wilker Torres – "E a imunização só está completa com duas doses ou a dose única da Janssen", esclarecendo que a segunda dose continua a ser aplicada normalmente. 

Há razões para o otimismo e alegria do prefeito Wilker Torres. Ele, no início de março de 2020, saiu na frente e emitiu decretos para a prevenção e cuidados com a população, mobilizou e reforçou a equipe de saúde, se propôs a adquirir vacinas, reformou e entregou à população um hospital dedicado à pandemia e manteve um ritmo acelerado de vacinação que utiliza todas as doses recebidas. 

Ascom PMCN