RedeGN - Leitor cobra providências para combater "guerras de fogos de artifícios na avenida Flaviano Guimarães e ruas adjacentes

Leitor cobra providências para combater "guerras de fogos de artifícios na avenida Flaviano Guimarães e ruas adjacentes

Primeiro lugar não quero me identificar por medo de represálias... Os moradores da Avenida Flaviano Guimarães e ruas adjacentes têm sofrido com as guerras de bombas que estão sendo promovidas desde o dia de Santo Antônio.

São inúmeros adolescentes correndo rua acima e rua abaixo, até altas horas da madrugada (se domingo para segunda foram até às 4h) colocando em perigo pessoas, casas e carros que estão estacionados na ruas. 

Inúmeras casas tiveram suas portas de vidro, estilhaçadas. Nossa paz é roubada nos dias de guerra. Não conseguimos dormir com o barulho e com o medo de uma tragédia.

Nossos idosos, filhos e animais de estimação assustados dentro de casa.

Infelizmente as autoridades competentes não conseguem nos dar um suporte necessário. No dia de Santo Antônio chegamos a ligar para polícia 6x até sermos atendidos. 

A polícia passa de carro e os envolvidos na guerra gritam: olha os homens! Correm e se escondem, mas após a passagem do carro voltam a atirar fogos uns contra os outros. 

Precisamos de ajuda, precisamos de proteção, precisamos de paz!

Num momento tão delicado como uma PANDEMIA causada por um vírus mortal que ataca mais gravemente os pulmões e as vias respiratórias, percebemos que a empatia não faz parte das atitudes humanas. Os fogos estourados exalam uma fumaça sufocante para quem não está com problemas respiratórios, imagine quem tem.

Nós pedimos socorro!