RedeGN - Alex Tanuri desafia Allan Jones: “você que é o verdadeiro prefeito, revogue o decreto que impede a progressão de carreira dos servidores municipais”

Alex Tanuri desafia Allan Jones: “você que é o verdadeiro prefeito, revogue o decreto que impede a progressão de carreira dos servidores municipais”

O vereador Alex Tanuri enviou nota a Rede GN discorrendo sobre pronunciamento que fez na sessão ordinária da Câmara nesta terça-feira (18) com desafio ao ex-parlamentar Allan Jones. Confira:

Em forte pronunciamento feito na sessão desta terça-feira, 18, na Câmara de Vereadores, Alex Tanuri desafiou o ex-vereador e sobrinho da prefeita, Allan Jones, a revogar o decreto municipal que congela a contagem do tempo para a progressão de carreira dos servidores municipais. Na gestão anterior, Allan Jones afirmou que entraria na justiça porque considerava a medida ilegal.

Em 2020, a partir de lei 173/2020, o governo Bolsonaro congelou reajustes salariais e impediu a progressão de carreira dos servidores públicos como condicionante para o auxílio às prefeitura e estados durante a pandemia do coronavírus. Em decorrência disso, o ex-prefeito Paulo Bomfim editou decreto para cumprimento da legislação federal. Ocorre que Allan Jones, então vereador, fez pronunciamento e deu entrevistas afirmando que a medida era “ilegal, imoral e irresponsável” e que, por isso, acionaria a justiça pela sua revogação.

Na ocasião, Allan Jones declarou: “Será que nós agentes políticos, considerando as consequências sociais, de saúde, financeira, mental, psíquica, dentre outras, dessa Pandemia teremos o bom senso em não aumentar os nossos salários? De Presidente da República a Vereador? Até porque a vedação de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração se estende a membros de Poder, também, logo, é justo congelar os nossos salários por no mínimo dois anos.”

Tanuri agora cobra coerência por parte do sobrinho da prefeita. “Semana passada, o governo Suzana enviou e esta Câmara aprovou o reajuste dos servidores. Achei um ato de coragem da prefeita uma vez que a mesma lei federal, na opinião de muitos juristas, impede o aumento de remuneração mesmo sendo apenas a reposição inflacionária. Agora é hora do verdadeiro prefeito, Allan Jones, honrar sua palavra e devolver a progressão de carreira dos servidores. Se ele entrou na justiça afirmando que era ilegal, não tem porque manter o que está no decreto. Basta ele dar uma ordem, já que está mandando no governo, e sua tia revogará a medida”, declarou Alex.

Os servidores municipais estão impedidos de avançar na carreira em razão do decreto. Para que o direito seja restituído, basta a prefeita revoga-lo e isto independe aprovação da câmara. (Ascom/Alex Tanuri)