RedeGN - Setor de bares e restaurantes entrega carta ao governador de Pernambuco com pedido de reabertura

Setor de bares e restaurantes entrega carta ao governador de Pernambuco com pedido de reabertura

Empresários e trabalhadores de bares, restaurantes, cafés, padarias e praças de alimentação de shoppings saíram em carreata na quinta-feira (9) para pedir a reabertura do setor ao governador Paulo Câmara. 

O grupo, formado por representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/PE), Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares e Restaurantes do Recife (Sintrah/PE) e Movimento Independente de Bares do Recife, saiu da praça de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, na área central da capital pernambucana, sede do governo estadual. 

Integrante da comissão, o presidente da Abrasel/PE, André Araújo, disse que, na reunião, o secretário ouviu o pedido de atendimento do protocolo, que está em ajuste final entre as empresas e as autoridades sanitárias de Pernambuco, e prometeu que o governo irá se pronunciar sobre o setor em coletiva de imprensa no final da tarde desta quinta-feira. “Explanamos nosso sacrifício e esperamos que o Governo do Estado se sensibilize e cumpra com sua parte. A  nossa parte já fizemos”, resumiu.

"Nós queremos abrir com responsabilidade, com os protocolos aprovados, mas nós precisamos de uma sinalização do governo. Desse jeito, vai descambar para uma situação de desemprego cada vez mais elevado", acrescentou André, em comunicado publicado nas redes sociais. De acordo com a organização da carreata, cerca de 200 veículos e 500 pessoas participaram do ato. 

Íntegra da carta:

Recife, 9 de julho de 2020

Ao Exmoº Sr. Paulo Câmara, Governador do Estado de Pernambuco.

Excelentíssimo senhor,                   

O Setor de Alimentação Fora do Lar em Pernambuco, representado pela Abrasel-PE, Movimento Independente de Bares do Recife, Sindicato dos Trabalhadores de Hotéis Bares e Restaurantes do Recife (Sintrah-PE), se une para pedir que o Governo do Estado defina uma data de reabertura para o nosso setor.

O setor de bares e restaurantes tradicionalmente adota protocolos em suas operações e agora, com a covid-19, realizou um grande reforço nos cuidados que sempre fizeram parte de nossa rotina. Estamos preparados.

Trabalhamos com materiais perecíveis e precisamos nos planejar para essa retomada. Tendo em vista que há claros índices de recuo no quadro de contaminação pela covid-19 e que há oferta de leitos de UTIs nas áreas onde as atividades de comércio de rua e de shoppings centers estão sendo liberadas, entendemos que esta data já pode ser definida.

Não precisamos lembrar a Vossa Excelência que muitos empresários estão sem poder demitir porque aderiram ao programa de complementação salarial do Governo Federal e agora necessitam reabrir os estabelecimentos para gerar fluxo de caixa e pagar os salários dos funcionários que ganharam estabilidade.

Também não é necessário recordar que muitos estabelecimentos são empresas familiares, o que tem deixado em sérias dificuldades centenas de famílias. Que muitos empregos dependem desta retomada e que é preciso fazer a roda da economia girar para que haja consumo e possamos sair logo desta ciranda negativa provocada pela pandemia.

Do contrário, veremos, cada vez mais estabelecimentos driblando a Lei e às autoridades, abrindo suas casas sem regras e sem fiscalização. E isso porque, efetivamente, precisam ganhar o pão de cada dia.

Estamos há quase 120 dias sem funcionar, vendo negócios e empregos serem perdidos. Entendemos que um setor que reúne mais de 17 mil estabelecimentos e gera mais de 240 mil empregos merece mais atenção do poder público e esforço de sua parte no sentido de preservar o que ainda resta das operações.

Certos da vossa compreensão,

Atenciosamente,

Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel-PE

Movimento Independente de Bares do Recife

Folha Pernambuco