RedeGN - Especialista da UniFTC dá dicas para o período de home office

Especialista da UniFTC dá dicas para o período de home office

Para conter a disseminação do novo Coronavírus, causador da virose Covid-19, muitos estudantes e profissionais estão realizando suas atividades habituais sem sair de casa.

Em toda a Rede UniFTC, por exemplo, as aulas presenciais foram suspensas no dia 18 de março e, a partir de 23 de março, passaram a acontecer em ambiente virtual. Os colaboradores do grupo de ensino também estão em home office.

Neste período, devemos redobrar a atenção com a postura para não prejudicar a saúde. “Na quarentena devemos cuidar do corpo. Não é porque estamos em home office e estudando em casa que devemos realizar as tarefas de qualquer maneira ou em qualquer posição”, alertou o fisioterapeuta e professor da Faculdade UniFTC de Juazeiro Hugo Cavalcanti. O especialista ainda alerta para a importância de escolher um local adequado, que seja bem ventilado e iluminado para executar suas funções com tranquilidade e comodidade. 

Um descuido pode causar grandes alterações posturais e consequentemente fortes dores em regiões do corpo como pescoço, coluna lombar e ombros, principalmente para quem trabalha em regime home office. “Em casa, normalmente utilizamos notebook ou celular, procuramos locais para estudar com maior conforto, como cama e sofá, porém a postura de trabalho nestes referidos locais são desfavoráveis e podem causar dores. Nesta fase, é necessário realizar alongamentos e movimentar o corpo para garantir uma boa circulação sanguínea”, orientou o fisioterapeuta. 

O especialista destaca, que para estudar ou trabalhar, é importante escolher birô ou mesa adequados e sempre observar se está na postura correta. Tudo isso ajudará na prevenção de algumas patologias que podem ser adquiridas nas atividades laborais, como tendinite e bursite.  

“Ficar atento ao posicionamento do notebook em relação à visão e membro superior, ângulo dos ombros, cotovelos e punhos; posição ereta da coluna, angulação do quadril e joelho, assim como apoio dos pés. Estes cuidados posturais irão prevenir as dores e consequentemente melhorar o desempenho acadêmico e de trabalho. Bom trabalho e um estudo de qualidade para todos”, concluiu.

Ascom