RedeGN - Juazeirense esteve perto da vitória, mas cedeu o empate ao Doce Mel, nos minutos finais

Juazeirense esteve perto da vitória, mas cedeu o empate ao Doce Mel, nos minutos finais

A Juazeirense teve nas mãos a grande oportunidade de se aproximar dos primeiros colocados da competição, abriu 2 x 0 no placar, mas se complicou cedendo o empate ao Doce Mel, um dos lanternas da competição. O primeiro gol do Cancão saiu aos 22 minutos, com Júnior Gaúcho escorando de cabeça, após Clebson cobrar falta em direção à grande área.

Com a vantagem no placar a Juazeirense ganhou confiança, se lançou ao ataque e teve oportunidades de aumentar o plaar ainda na primeira etapa, mas perdeu chances claras, uma delas com Nino, que recebeu um passe açucarado de Elcarlos, na entrada da pequena área, tentou o canto direito mas errou o alvo.

No segundo tempo Nino marcou aos 10 minutos, dando impressão que a partida estaria definida e o time conquistaria sua primeira vitória na competição.

Não foi o que se registrou com o decorrer do jogo. O time demonstrou cansaço, perdeu força no meio de campo e permitiu que o Doce Mel avançasse suas linhas e marcasse seu primeiro gol, em belo estilo, com Maurício acertando o ângulo num chute de fora da área. O mesmo jogador, após disputa com o zagueiro Wendell, avançou e chutou forte, na saída do goleiro Geovane, empatando o jogo.

O resultado, além de frustrar o torcedor que foi ao Adauto Moraes, deixou o time numa posição desconfortável na tabela, com 4 pontos e na sétima colocação.

No domingo a Juazeirense enfrenta a Jacuipense, às 16h no estádio Adauto Moraes.

FICHA TÉCNICA
Juazeirense 2 x 2 Doce Mel
Campeonato Baiano – 4ª rodada
Data: 05 de fevereiro de 2020, quarta-feira
Horário: 20 horas
Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA

Gols: Júnior Gaúcho (JUA), aos 22’ do 1º tempo, de cabeça. Nino (JUA), aos 10 e Maurício (DME), aos 25 e aos 40 do 2º tempo.

Juazeirense: Geovane, Rodrigo Ramos (Alex), Kanu, Wendell e Digão; Waguinho, Júnior Gaúcho (Jhonata) e Clebson; Elcarlos, Nino Guerreiro e Jeam (Matheus Café). Técnico: Luiz Carlos Mendes

Doce Mel: Rai, Victor Malaquias, João Pedro, Helbert e Henrique Santos (Mateus Velasque); Joadson, Tiago Carnaíba, Pinheiro e Aleff; Jean (Robinho) e Maurício. Técnico: Luiz Carlos Figueiredo Cruz

Arbitragem: Wagner Francisco Silva Souza (CBF), Antonielson Jesus da Silva (CBF) e Patrícia dos Reis do Nascimento (CBF); Edvaldo Soares Santos (FBF) como o 4º árbitro.

Foto Agencia CH