RedeGN - R$ 36 MILHÕES EVITARIAM TRAGÉDIA NO RIO

R$ 36 MILHÕES EVITARIAM TRAGÉDIA NO RIO

Cerca de mil vidas poderiam ser poupadas, caso o espírito do estado brasileiro fosse de prevenção. O secretário demissionário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia, Luiz Antônio Barreto de Castro, admitiu nesta quinta-feira (20) que há cerca de dois anos foi montado pelo órgão o protótipo de um sistema de radares para monitorar e alertar sobre tragédias como a que atingiu o Rio. Segundo ele, o protótipo exigia um investimento inicial de R$ 36 milhões que evitaria as mortes ocorridas na Região Serrana do estado. “Se gastarmos R$ 36 milhões ao longo deste ano, no ano que vem não morre ninguém. Não é uma coisa mágica. A pessoa fica olhando os radares, vê a quantidade de chuva que está caindo e fala para a Defesa Civil: ‘tira as pessoas de lá’”, disse. Informações do G1.