RedeGN - Corregedoria da PM instala inquérito para apurar ações provocadas pelo grupo do deputado Prisco

Corregedoria da PM instala inquérito para apurar ações provocadas pelo grupo do deputado Prisco


A Corregedoria da Polícia Militar instaurou, nesta terça-feira (15), um inquérito policial militar para investigar a conduta de militares ligados ao deputado estadual Soldado Prisco (PSC).

A instalação deste inquérito policial tem como base uma solicitação do Ministério Público da Bahia (MP-BA). 

O inquérito tem como objetivo principal a apuração de ocorrências registradas após a decretação de greve, como o fechamento de avenidas, ataques contra ônibus e bancos, faltas em serviço, entre outras irregularidades.

O Ministério Público da Bahia também avalia a possibilidade de tomar medidas judiciais contra o deputado estadual Prisco, um dos líderes do movimento grevista.

O Coronel Augusto César Miranda Magnavita, em declaração ao Bahia Notícias, disse que vai "cumprir o pedido do MP e relatar a participação de cada militar neste movimento irregular. Além das ações de vandalismo, seremos rigorosos com o pequeno número que está faltando sem justificativa plausível", declarou.

Da redação GJ Notícias