RedeGN - Eleição da Câmara de Petrolina deve ser resolvida em janeiro por conta do recesso do MPF

Eleição da Câmara de Petrolina deve ser resolvida em janeiro por conta do recesso do MPF

Segundo o Jornal Folha do São Francisco alguns edis petrolinenses se reuniram para articular uma solução frente à liminar concedida pelo juiz Josilton Reis, que suspendeu a eleição quinta-feira (23), impetrada pelo advogado do vereador Alvorlande Cruz (PTC). Com isso, a Casa Plínio Amorim só deverá ter novo presidente da Mesa Diretaora em janeiro, visto que o último dia de funcionamento normal do Ministério Público Federal em Petrolina foi na mesma data, quinta (23) . Depois disso, a instituição entrou em recesso, funcionando apenas em regime de plantão até o dia 3 de janeiro, quando as atividades serão retomadas.

A liminar foi vista, na Câmara, como uma manobra do grupo que Alvorlande apoia, para impedir que a vereadora Maria Elena (PSB) tivesse o nome confirmado como a nova presidenta da Casa, visto ter, em sua composição, o maior número de edis – o chamado ‘grupo dos oito.