RedeGN - Mesmo como 6ª economia, Brasil continua pobre, diz economista