RedeGN - Espaço do Leitor: Coelba, uma empresa em total decadência