RedeGN - Espaço do Leitor

Outros Destaques

Política

Espaço do Leitor

Artigo: O ENEM, a UNIVASF e o desenvolvimento regional.

Luiz Antonio Costa de Santana

Acompanhei diversos textos publicados relativamente à adoção, pela UNIVASF, do famigerado ENEM como forma ingresso de alunos aos seus cursos...

JUAZEIRO TERRA DE VENCEDORES

Por Cordeiro Neves

Professor Munizinho, que aos trancos e barrancos fez acontecer o Colégio Estadual Rui Barbosa, construído corretamente distante do centro, enfrentando no caminho poças de água, às vezes até o meio das canelas. Com rara capacidade de substituir o professor que faltasse, ministrando de improviso aulas excelentes de qualquer matéria do curso, como se as tivessem preparado...

COLÉGIO MUNICIPAL PAULO VI: SONHO A SER CONCRETIZADO.

Começamos citando Padre Antônio Vieira “Para falar ao vento bastam palavras, para se falar ao coração são necessárias obras”. Obra como a que está sendo construída na nossa escola: A cobertura da quadra de esportes do Colégio Municipal Paulo VI. Não estamos falando somente da belíssima estrutura física, mas da ação do Secretário de Educação, Professor Clériston Andrade e do atual prefeito Isaac Carvalho, que com muita garra elevaram o nome da nossa instituição contribuindo para tornar este sonho possível de todos que fazem a história do Colégio Municipal Paulo VI.

Nossos sinceros agradecimentos!..

Espaço do Leitor: Anel Viário de Juazeiro‏.

 
O leitor Manoel dos Anjos conhecido (Manezim do Juá) enviou email ao blog colocando em dúvida a construção da Travessia Urbana (Anel Viário) no prolongamento da Ponte Presidente Dutra, a partir do retorno do Papa`s ao seu local de orígem nos arcos da referida ponte. Confira:
 
Hoje pela manhã constatei que os governantes de nossa terra colocaram uma pá de cal no tão sonhado “anel viário de Juazeiro”. A autorização da volta do PAPA’S para o local onde se iniciaria a “Travessia Urbana”, como a Presidente Dilma se referiu ao nosso "anel", me dá essa certeza pois não faz o menor sentido liberar a implantação de um restaurante em uma área pública na qual será iniciado em breve uma obra.
 
“Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar!
Vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar.
O Anel que tu me destes era vidro e se quebrou;
O amor que tu me tinhas era pouco e se acabou...”
Manezim do Jua (Manoel dos Anjos)
..

MORADORA DO CENTENÁRIO DENUNCIA ENORMES FILAS PARA ATENDIMENTO DO BOLSA FAMÍLIA

Geraldo,

Quero denunciar o descaso do Poder Público com o programa Bolsa Família. Sou moradora do bairro Centenário, vizinha da casa do Bolsa Família e percebo que tem pessoas dormindo de um dia para o outro para pegar fichas para se inscrever no programa...

Fotos de arquivo do blog

Espaço do Leitor: Morador apela ao Poder Público para evitar invasão no Jardim Vitória.

Caro amigo Geraldo,

Sou morador da região em anexo na foto 0043 e 0044 e gostaria de relatar a minha indignação sobre fatos que estão ocorrendo no meu bairro (Jardim Vitória); mais precisamente atrás da COELBA.
 
Na manhã de sábado (14/04), segundo informações, surgiram algumas pessoas em carros de luxo, que reuniram alguns moradores e disseram que os terrenos em anexo estão liberados para construção. Inicialmente seria o terreno da foto 0044; dai por diante cidadãos que ouviram tal informação começaram a metragem dos terrenos, dando como invadidos. Essa situação se arrastou até o fim da tarde da referida data.
 
No dia seguinte (15/04), já podia se verificar pessoas cavando alicerces para a construção das devidas residências, foi quando aproximadamente as 11:20h, apareceram alguns policiais militares junto com alguns agentes da prefeituras, para saber sobre a situação.
 
Geraldo, estou redigindo esta situação porque já moro no bairro há aproximadamente 07 (sete) anos e quando comprei meu terreno, na planta constava que em frente a minha casa (fotos 0043 e 0042) seria construída uma praça. Por isso fiquei confuso ao ver pessoas demarcando seus terrenos.
 
QUERO PEDIR AO SENHOR PREFEITO ISSAC CARVALHO JUNTO COM SUA SECRETARIA, PARA INICIAR TAL PROJETO, SÓ ASSIM PODE-SE EVITAR QUE ESSAS PESSOAS DÊEM CONTINUIDADE E EVITANDO TAMBÉM QUE OS REFERIDOS TERRENOS SEJAM TRANSFORMADOS EM DEPÓSITOS DE LIXO. 
 
Essa região em que eu moro é tão tranquila e tenho a certeza que se acontecer o que estão tentando fazer, perderemos nossa paz e tranquilidade, pois já se houve de pessoas que demarcaram os terrenos que irão construir bares; e na minha opinião alguns bares só trazem malefícios como prostituição, drogas etc.
 
Desde já, quero deixar bem claro que não sou contra o senhor prefeito Isaac Carvalho, como muitas reportagens que leio. Apenas fiz tal relato para de alguma forma ajudar a evitar situações como essa.
 
No mais agradeço.
 
ESDRAS CARNEIRO VIEIRA - morador da rua Augusto Fernandes de Souza. 
..

Espaço do Leitor: Sem comentários...

Caro Geraldo,

Desta vez não emitirei comentários, apenas peço que veja a foto em anexo que dirá tudo que pensei e senti. Esta imagem foi feita no domingo (15.04.2012) por volta das 10 horas na praça em frente ao Banco do Brasil, quando um cidadão fazia as suas necessidades fisiológicas sem ser incomodado. Saliente-se que na praça "residem" diversas pessoas. É só passar à noite para constatar.
 
Peço licença a sua leitora (Juazeirense indignada) para repetir as suas palavras, a saber: "Em pleno centro da cidade, junto ao local bem visitado que também está suja e abandonada. Uma juazeirense indignada"

Grande abraço,..

Espaço do Leitor: Juros agrícolas brecam o desenvolvimento do Semiárido.

As taxas de juros do crédito agrícola do Semiárido são iguais as do Centro-Sul do país. Os prazos de amortização dos empréstimos e as garantias reais são, também, iguais. Essas condições do crédito rural brecam qualquer iniciativa do sertanejo adotar práticas modernas de produção tais como: irrigar suas culturas, perfurar um poço tubular, tecnificar a pecuária, mecanizar os cultivos etc.

São regiões extremamente diferentes em todos os pontos de vista que se analise. No Centro-Sul chove, em média, 1300 mm em oito meses do ano, regularmente distribuídos. No Semiárido são menos de 500mm em quatro meses do ano, irregularmente distribuídos. Em consequência disso, em 10 anos, o agricultor do Semiárido colhe 2 toneladas por hectare de feijão enquanto no Centro-Sul colhe-se 30 toneladas por hectare. Com o milho, o rendimento é ainda pior, são 3 toneladas por hectare no Semiárido contra 100 toneladas no Centro-Sul no mesmo período...

Espaço do Leitor: Sinais de abandono.

Geraldo José,..

ESPAÇO DO LEITOR: O SABOR DA SOLIDARIEDADE.

Petrolina, domingo, 15 de Abril. Aquele calor de sempre com o tempo nublado.....

DENÚNCIA: GRÁVIDA PERDE BEBÊ POR NEGLIGÊNCIA DE PROFISSIONAL DE SAÚDE NO PSF DO BAIRRO PIRANGA.

Caros juazeirenses é inadmissível que mais uma mãe de familia esteja hoje chorando a morte de um filho. Quero demosntrar aqui minha imensa indignação por parte de profissionais mau qualificados que atuam em hospitais e postos de saúde m juazeiro. Na oportunidade quero externar meu  repúdio para com a postura dos responsáveis pela saúde em nosso município ao colocarem pessoas sem qualificação para estarem à frente dos PSFs, falo de qualificação não somente profissional mas sim de tratamento humano, saber lidar com seres humanos nestes setores é fundamental, pois para que servem os impostos que pagamos se não para melhorias que nos atendam e isto está previsto em lei.

Na última quinta-feira (12), a jovem Rosana Ferreira dos Santos Ribeiro, de 22 anos,  se deslocou da sua residência no bairro Piranga até o posto de saúde do referido bairro em busca de atendimento médico por se queixar de dores e estar perdendo líquido, quando se deparou com a responsável pelos atendimentos e a mesma se quer se deu conta da situação da gestante, que além de tudo passou por humilhação ao pedir a enfermeira chefe que a ajudasse ou lhe encaminhasse através de uma guia para atendimento na unidade hospitalar, já que este é o procedimento adotado, mas mesmo se sentindo mal ao contrário do esperado foi mandada para casa sem qualquer medicamento, atendimento ou atenção médica...

Foto Ilustrativa da Intenet

Papagaio!

Nos fins da década de 50 em Salvador, era “chic” entre os adolescentes (e muitos coroas também), o “footing” na Rua Chile todas as tardes. Os rapazes ficavam de pé, encostados nas portas das lojas, ou à beira das calçadas soltando piadas e gracejos às moças que passavam. Muitas delas já traziam de casa pacotes bem feitos, em caixas vazias, para fingirem que estavam a fazer compras.

Uma destas tardes, eu no meu ponto de costume na porta da loja Duas Américas, vejo um início de tumulto numa loja próxima, “A Moda”. Gritos femininos, corre-corre, pessoas se amontoando para tentar ver alguma coisa! Corro também para lá. Vinha o gerente da loja trazendo pelo colarinho um rapaz magro, rosto cheio de espinhas e cara assustada.

— Mas meu senhor! Eu tenho que encontrar a minha tia! Eu não conheço nada aqui, nem ninguém! Ela entrou nesta loja e, mandou que eu ficasse esperando aqui na porta. Já faz mais de uma hora...

Petrolinense Lenio Ferraz promove lançamento de novo CD

Prezado Geraldo José:  (Espero realmente que você se lembre de mim. Estive há alguns meses em contato com você e o seu blog na qual você publicou um vídeo meu, para minha alegria).  Dia 25 de maio estarei lançando oficialmente meu novo CD, Anjos da Neve (o quarto na carreira) aqui na Suécia, na cidade em que resido, a cidade de Varnhem, conhecida por a cidade guerreira dos vikings e tratando-se de uma histórica cidade nada melhor que realizar esse lançamento aqui, justo em frente a Catedral "Klosterkyrka" erguida no ano de 1.150, palco de batalha entre vikings suecos e dinamarqueses.

Vale lembrar que a igreja sueca como instituicäo é o orgäo que mais investe em concertos de músicas ao vivo em toda scandinávia e resalvo que meu segundo CD intitulado "Pororoca" foi lançado nessa impresionante Catedral...

Espaço do Leitor: A Lei Seca e a Cultura Etílica no Transito.

A cultura de um povo é pautada pelos seus costumes e os seus hábitos adquiridos no dia-a-dia ao longo das suas vidas.

Os hábitos, ou vícios, inclusive os de consumo etílico, aqui posto como os atos próprios na condução de veículos automotores envolvidos - como queiram, são cristalizados ao longo da vida, em camadas cada vez mais profundas da alma, de tal sorte que para se reverter ou mudar é necessária a educação, disciplina e vigilância constantes, em que o principal aspecto positivo é a VONTADE do sujeito, e o seu desejo de mudar para melhor...

Imagem Ilustrativa

Espaço do Leitor: Sobre Coisas, Sons e Gente.

O ambiente é repleto de sons desde a teoria do grande estrondo, o Big-Bang, até o barulho produzido pela glândula pineal, que enchem os nossos ouvidos como se fossem milhares de grilos em sinfonia.

O sistema auditivo humano se estabelece em suas funções durante todo o tempo. Ainda que o indivíduo esteja dormindo, continua armazenando todas as informações sonoras, ocorridas no ambiente, localizando distâncias e tipos de fonte produtora de barulho desencadeando um mecanismo de alerta e defesa. No entanto, a audição só demonstra, mais claramente, maior preocupação no momento em que interfere no processo de comunicação e na compreensão da fala e/ou mensagens articuladas...

Foto Ilustrativa da Internet

ESPAÇO DO LEITOR: AH, SIM, CAMINHA O HOMEM...

Não tem jeito. De todo jeito, o jeito é enfrentar a cada dia todo um dia. Concebido , sim, já não se pode parar de respirar. Nascido, sim, já não se pode parar de ser. Caminhar, caminhar, caminhar. Andanças múltiplas em retas, cálculos, atalhos, vivências á busca de BR,s. A cata do sair do a sós. Tudo, vê-se, saudoso leitor, atrás do e de um norte.

                                                          B O N I T O...

Imagem Ilustrativa da Internet

ESPAÇO DO LEITOR: O SILÊNCIO DE UM BOM SABEDOR.

Diante de várias circunstancias e muitos rumores nos bastidores políticos em nossa cidade ainda não ouvimos nada que desabonasse os políticos que pleiteiam o Executivo Municipal na pessoa do prefeito Isaac Carvalho.

Digo isso porque venho acompanhando de perto, através dos noticiários municipal e estadual e tenho observado os ataques bombásticos que dirigem ao governo municipal desta cidade...

Em defesa do ENEM para o vestibular da FACAPE e UPE

O debate sobre a adoção do Enem para inclusão nas universidades estaduais e federais da região continua. Hoje a defesa  do ENEM para o vestibular da FACAPE e UPE é feita pelo jornalista Manoel Leão. Confira:

Meu nome é Manoel Cavalcante Leão Netto, meu pai nasceu em Cabrobó e se casou em Araçatuba, interior de São Paulo com minha mãe, nascida lá, mas de pais vindos de Vitória da Conquista, na Bahia...

Ex-deputado Geraldo Coelho emite nota sobre o ENEM

O deputado Geraldo Coelho, através de nota, criticou fortemente a adesão ao ENEM brevemente pela UPE expondo suas razões. Fez ainda apelos a vários politicos principalmente da região, conclamando a todos: "Vamos juntos continuar trabalhando por Petrolina, e defender o Vale do São Francisco." Confira abaixo na íntegra:

Reitor CARLOS CALADO
Universidade de Pernambuco – UPE.

Histórico – Nos idos de 1940 estudei em São Paulo no Mackenzie e me formei Engenheiro em 1948. Viagem de 15 dias Petrolina a São Paulo.

Quando Prefeito de Petrolina, tomei a iniciativa em 1976 fundar o primeiro Curso de nível Superior no interior de Pernambuco. Inicialmente foi Administração de Empresas, e hoje são 8 cursos pela FACAPE – Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina.
..

Espaço do Leitor: O verdadeiro balanço da secretaria de Zó.

Geraldo,

Essas fotos da Praça Antonilio da França Cardoso, centro da cidade, comprovam o verdadeiro balanço administrativo do ex-secretário Zó, da Seiasc (Secretaria de Igualdade, Assistência Social e Cultura). A maioria das praças de Juazeiro está cheia de mendigos e jovens alcoolizados...

EU VI E APLAUDI.

AS COISAS QUE EU VI, OUVI E VIVI.

MAGOM – Contabilista, Administrador de Empresa e membro do Lions.

..

ESPAÇO DO LEITOR: “MAINHA, MAINHA, RAIDY LIGOU, TÁ MANDANDO DINHEIRO PRÁ NÓS...!”

O sol estava se pondo ao fundo da Ilha do Fogo e da Ponte que liga Juazeiro a Petrolina. Creuza e Maria eram as últimas lavadeiras esfregando as roupas na beira do rio. Selminha, a morena mais linda do bairro do Angary, desce a barranca eufórica e gritando: _ mainha, mainha, Raidy ligou, tá mandando dinheiro prá nóis!. Creuza fica curiosa e pergunta a Maria, mãe de Selminha: _ quem é esse Raidy, muié? _ É Ride, Creuza, o filho da Mãe d’Água, sobrinho do  Nego D’Água, responde Maria. _ É nada, Ride, merguiador?, pergunta Creuza. Ele mermo, dispois que ficô rico, agora é Raidy, dizem que só atende por Raidy. Vivia aqui numa pindaíba danada, tumando cachaça no Bafafá o dia intero sem ter o que fazê. Só tinha seuviço quando morria arguem e ele ia merguiá  atrás dos corpu com finado Jason nas pedrinha. E Maria continua, soltando ainda mais a língua: _ agora, era um ótimu merguiador, isso era, não tinha dia, não tinha hora, estava sempre disposto e se Jason não achasse ele achava o corpu do afogado. Sê vê muié, sorte é sorte, estrela é estrela. Esse minino nasceu com os quartu prá lua. Certo dia saiu prá pescá com o Nego D’Água, conheceu um grandão de Brasília, uma otoridade, que simpatizô com ele, com suas istória de pescadô e levou o danado prá capitá. Arranjô prá ele uma colocação no ministero da integração e hoje ele é assessô do ministo”...

Esse texto é continuação do artigo RIDE E NEGO D’ÁGUA, DUAS ENTIDADES MITOLÓGICAS, MAS NOSSAS!, publicado neste blog na edição de 02/04/2012. Espero concluir essa estória ou história, ou, as duas juntas, na próxima edição...