RedeGN - Espaço do Leitor

Espaço do Leitor

ESPAÇO DO LEITOR: USUARIOS DE DROGA FIZERAM DO CEMITERIO UM CONDOMÍNIO.

Caro Geraldo,

Venho denunciar o estado em que se encontra o muro do cemitério de Juazeiro, pois os usuários de drogas, pulando o muro para consumir drogas, derrubaram um pedaço como mostram as fotos...

ARTIGO - O VALE ACORDOU E ESTÁ DE OLHOS BEM ABERTOS

O gigante acordou e acordou bem, provavelmente, o Brasil nunca mais será o mesmo. Essas mobilizações em todo o país traduzem alguns pontos: Primeiro, há um inconformismo com o atual sistema político brasileiro, a impressão que passa é que eles não representam de fato os anseios da população. O povo nas ruas numa proporção nunca visto antes é o grito de quem não agüenta mais tanta opressão, tanto descaso e, de ser ignorado em suas necessidades básicas, chega de tanta hipocrisia!

A saúde pede socorro, não cremos que faltam os recursos, cremos sim no mau uso e aplicabilidade do dinheiro público, fazemos vistas grossas e as pessoas penam nas filas dos hospitais em busca de um atendimento eficiente, às vezes em busca de um medicamento simples e não encontra, são esses motivos e outros mais que a população brasileira está indo às ruas. O segundo motivo, é que somos a sexta economia mundial e, vivemos como se fôssemos mendigos, pagamos altas taxas de impostos e recebemos um serviço de má qualidade no transporte e outros setores da sociedade. A terceira reivindicação é concernente a educação: Queremos qualidade no ensino, mas também queremos a valorização dos nossos professores no que tange ao piso salarial da categoria, escolas decentes e reformadas, dignas de um ser humano frequentar...

ESPAÇO DO LEITOR: ISSO SÓ ACONTECE EM JUAZEIRO!

Geraldo,

Assistindo a troca da tubulação de água que o SAAE vem realizando em Juazeiro me deparei com uma cena muito "engraçada" em frente ao Hospital Regional de Juazeiro. Logo depois da troca da tubulação que corta a travessa do hospital no bairro Santo Antonio o SAAE encontrou uma forma inusitada de compactar a terra que foi retirada das valas...

ESPAÇO DO LEITOR: VIOLÊNCIA NA MANIFESTAÇÃO.

Lamentável e decepcionante, creio, sejam estas as palavras apropriadas para comentar a violência ocorrida ontem, 03/07/2013, na 3ª manifestação intitulada de “O Vale Acordou”, sobre a ponte Presidente Dutra, mais precisamente na entrada da Ilha do Fogo.

Orgulhosa estava de ver os jovens da região – e de todo país -, que eu e muitos da minha geração acreditávamos adormecidos, se organizando e se manifestando contra o que está posto injustamente, de forma pacífica, ordeira, levantando um brado de força imensurável...

ESPAÇO DO LEITOR: A MULHER, O MENINO E O FAROL...

Olhe bem essa foto...

Olhou? O que você conseguiu visualizar?..

Foto do juazeirense Euvaldo Macedo

ESPAÇO DO LEITOR: PETIÇÃO.

Ao Sr. Prefeito e aos Senhores Vereadores.

Gostaria de solicitar aos nobres senhores à devolução do meu voto...

A passeata é contra você também, sabia?

Por Renato Kaufmann

O brasileiro se levantou contra toda essa corrupção e violência. Um senso de indignação generalizado, de já ter tolerado demais, apanhado demais. Mas se você foi à manifestação e usa carteirinha de estudante para ter meia-entrada, mas não é estudante, você é parte do problema. Você não tem moral para reclamar da corrupção deste país. O nome disso é hipocrisia. (Reclame mesmo assim, por favor, porque são dois problemas diferentes.)

Se você joga bituca de cigarro no chão, você trata a cidade como o seu lixo particular. Mas a cidade é de todo mundo. As ruas estão nojentas e a culpa é sua.
A manifestação é contra você.

Ah, você é ciclista, todo orgulhoso de ser sustentável, um carro a menos, menos trânsito e CO2. Você reclama da opressão do carro, mais forte, contra a bicicleta, o mais fraco. Mas você não para no sinal. Não respeita a faixa de pedestres. Você até anda na calçada, tornando-se o opressor do pedestre...

Moradora cobra conclusão da obra na Avenida Nossa Senhora de Nazaré

Geraldo,

A comunidade do Quidé volta a focalizar o assunto de abandono com uma obra antiga no bairro. Sofrimento, desrespeito e prejuízo esta é a realidade dos fatos existentes. Queremos, respeito aos nossos direitos...

ESPAÇO DO LEITOR: O SÃO JOÃO DE SENHOR DO BONFIM E OS PECADOS MORTAIS DO GOVERNO CORREIA

Lembro-me de ter lido, em uma cartilha escolar, que o gato foi convidado pela “amiga” onça a ensinar-lhe os pulos que ele, gato, conhecia como ninguém. Depois de uma longa aula, a onça, muito sabida, deu um pulo para abocanhar o gato, mas este se safou rapidamente e deixou a onça a ver navios. Esta,  julgando-se enganada, disse ao gato: “Mas este tipo de pulo você não me ensinou”. O bichano, muito vivo, retrucou: “E eu iria te ensinar o meu pulo? Se tivesse ensinado você me teria comido agora”.  Daí, passou para a nossa cultura, a idéia do “pulo do gato”, uma referência a um saber que só a pessoa tem e guarda para si como defesa”. Poderíamos  agora, levados pela mesma lógica, abstermo-nos de passar para a assessoria do atual prefeito “o pulo do gato”, fruto de nossa experiência como vice-prefeito e secretário da educação  durante oito anos, e como prefeito durante quatro anos. Almejando contudo o melhor para nossa terra, passo agora, em nossa avaliação, os furos que levaram ao último e sofrível São João, para que, quem sabe, caso haja humildade em quem governa, se faça em 2014 o São João que este ano não tivemos. Daí, elencamos aqueles que consideramos os “pecados mortais” da equipe governante:

1.          A dispensa de pessoas técnicas, que vinham fazendo o São João  havia anos, e sabiam de cor  os passos a serem dados, até mesmo na arrumação da grade e desenrolar do palco. Por que não ouvir Edneuton, Ebão, Moreira, Fernando Coelho? Um São João não pode ser entregue a uma equipe toda nova, sem a presença de técnicos experientes;..

Espaço do Leitor: Juazeiro terra das contradições.

Pensar Juazeiro enquanto cidade nos deparamos como muitas contradições para não dizer “dois pesos e duas medidas”. Onde tudo é permitido para uns, e para alguns nada ou talvez alguém? Cidade em que o lazer é pouco ou não existe. Temos que nos encontrar em espaços para conversar, sorrir e ver amigos constituídos nas nossas comunidades.

Ao andarmos pela nossa cidade encontramos vários destes espaços e que a cada dia aumentam proporcionando lazer/ou lazeres. E o aumento de novos empreendedores neste ramo de petiscaria. Como a nossa cidade não possui de fato um código de postura que venha cumprir o seu papel de fato, ai percebemos que tudo é permitido para alguns ou todos. Temos vários bares, restaurantes, lanchonetes e petiscaria que utilizam dos espaços públicos como: os passeios e partes das via publica como ampliação dos seus empreendimentos, nada contra a utilização pelos empreendedores destes espaços...

Imagem Ilustrativa da Internet

Aspectos cultural, financeiro e moral das festas de São João.

 

Diante de tantos comentários acerca da realização da festa de São João em Petrolina, uns a favor e outros contra, resolvi chamar a atenção da sociedade para uma reflexão sobre os vários aspectos que envolvem o evento: O cultural, o financeiro e o Moral...

ARTIGO - BRASIL NOVO: CARTA ABERTA

As desigualdades regionais no Brasil tem que ser encurtadas, assim preceitua a constituição. Na pauta do Brasil Novo, para melhorar a vida dos brasileiros, faltou o pacto para diminuir as desigualdades regionais. Uma política pública com foco na oferta d´água para o Semiárido. As secas tem que ser enfrentadas. Todo o potencial de solo e água tem que ser explorados com irrigação. Deve ser obrigação do Estado a perfuração e instalação de poços tubulares no semiárido. As taxas de juros agrícolas tem que ser adequadas às carências da região. Os prazos para amortização dos empréstimos precisam ser alongados. Não pode haver solução de continuidade na implementação dos programas de irrigação.

A democracia não floresce enquanto poucos são ricos e muitos são pobres. Os desiguais precisam ser tratados desigualmente. Dos 16 milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha de pobreza, 59% ou quase 10 milhões estão no Nordeste, principalmente no Semiárido . A renda per capita é cerca de 25% da nacional. A taxa de analfabetos é de 22%, enquanto a média nacional é de 10% e no Sul, menos de 5%...

Entre revoluções e mudanças

 
Todos querem ser ouvidos,
Querem mudar o Brasil, então seguem unidos.
A nação deixa seu legado.
Lutas, de um povo determinado.
 
 E em cada olhar se vê a esperança,
Em cada revolução se vê a mudança,
Mostrando a força do jovem e da população em geral,
Deixando evidente o poder que detém, lutando por justiça e igualdade social.
 
Em meio a tantos impostos, pagamentos,
Ainda há pessoas que em corredores de hospitais vivendo em constante sofrimento,
Falta educação para todos, em um país de muitos talentos.
Cada vez mais há a perda da cultura, em um país, onde o que predomina é a mistura.
 
Gay, não é doente pra ser curado,
Mente, não é um objeto a ser manipulado,
Revolta, não é pouca coisa pra ser controlada,
Sociedade, você merece ser respeitada.
 
E agora? Começamos a fazer história,
Rumo a transformações e vitórias,
Enquanto a sociedade, as leis, as aplicações não mudarem, nada pode parar,
O povo tem voz e não irá calar.
 
E nas ruas, mais um cartaz,
Protestos onde todos buscam o mesmo: Paz.
Seguindo em frente, firmes e fortes nessa disputa,
“Verás que um filho teu não foge a luta”.
 
Autora: Maria Luisa Gomes Cavalcanti

Idade: 13 anos

Aluna do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora

..

Espaço do Leitor: Um ano, após audiência pública na Ilha do Fogo, até agora nada.

Após um ano da memorável audiência pública realizada na Ilha do Fogo, proposta pelo Coletivo de Amigos da Ilha e realizada pelas duas câmaras municipais, nada do que se discutiu foi efetivamente feito por quem se comprometeu a fazer.

A ilha continua fechada para a população e turistas terem acesso as suas praias. A população pobre da região que tinha a ilha como única forma de lazer, teve que se submeter a tomar banho, do lado Juazeiro, na prainha da marinha. Um local insalubre, sujo, sem as mínimas condições de banho. Do lado de Petrolina, a coisa ainda é pior, correndo a céu aberto, tem um esgoto bem ao lado onde a população e comerciantes utilizam as águas do rio na orla. Dois sérios problemas de saúde pública e da falta de compromisso de quem deveria ao menos zelar pelo bem estar da população...

ARTIGO - DE COSTAS PARA O POVO, NA CONTRAMÃO DA HISTÓRIA

Paulo José de Oliveira

Tentando ainda refletir sobre os atuais acontecimentos que estão eclodindo por todo o País e sendo indagado por onde ando por populares e por alguns membros da imprensa sobre minha posição com relação aos referidos eventos, passa um filme na minha cabeça, remetendo-me a grandes caminhadas e manifestações que participei pelas ruas de  Juazeiro. Por diversas vezes e por vários motivos, reivindicando a favor de causas mais do que justas para a época, a exemplo do “ Fora ACM”, “ Pela Meia Passagem”, “ Eleições diretas para a direção da Faculdade de Filosofia e Agronomia”, “ Fica Javyer”, ex-presidente da Une, “ Diretas Já”, passeatas e greves convocadas pela  APLB,  entre outras tantas manifestações de apelo nacional, estadual e local. Juazeiro sempre teve o espírito de combatividade, rejeitando qualquer tipo de jugo e despotismo  praticado por qualquer mandatário...

Petrolina: São João e Missa do Vaqueiro

*Por Ney Vital-Jornalista

A missa às margens do Rio São Francisco é realizada desde 1941, em pagamento a uma promessa pela recuperação da saúde de um vaqueiro que era bastante conhecido na região...

Espaço do Leitor: Desespero dos moradores do Jardim Flórida onde a onda de assaltos está enorme.

Segurança cadê você?

Todos sabem que a onda de assalto em Juazeiro está cada vez maior, só que no Bairro Jardim Flórida vem se superando. A situação está tão critica que nem na porta a população pode sentar, pois os donos do bairro passam fazendo arrastões levando celulares, bicicletas, motos e se deixarem levam até as calcinhas e cuecas. ..

Imagem Ilustrativa da Internet

Ela, Ele e as mensagens no celular...

Era por volta de 22h. Ele estava saindo da aula e enviou um sms para ela: "Amor, estou saindo da aula e estou indo pra casa."

Apaixonada e feliz por receber notícias do amado depois de um dia fadigante, ela responde: "Tá bom, meu amor! Boa noite! Te amo..."..

ESPAÇO DO LEITOR: VOTO NULO É O VERDADEIRO PROTESTO.

Caro Geraldo José,

Como de costume, todos os dias acesso esse meio de comunicação para ficar inteirada sobre os diversos acontecimentos na região e do Brasil. Mais uma vez estou realmente muito decepcionada com os governantes da nossa cidade. A matéria aqui veiculada com relação a APROVAÇÃO DAS CONTAS DO EXECUTIVO MUNICIPAL, QUE FORAM REJEITADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, deixou-me perplexa num primeiro momento, porém agora percebo que minha atitude não tem razão de ser, é normal aqui em Juazeiro, já que não temos oposição que represente o nosso povo. Diante da situação, faço uma breve reflexão:..

ARTIGO: A AMEAÇA À LIBERDADE RELIGIOSA E A TENTATIVA DE AFASTAR OS RELIGIOSOS DO DEBATE POLÍTICO E SOCIAL

Dentre tantos e inflamados discursos da modernidade, os quais temos acompanhado na mídia, temos que um debate tem-se acirrado entre os que se dizem não religiosos com os declarados religiosos ( de vários segmentos ) sob a premissa da laicidade estatal que vem sendo utilizada como suposto fundamento para estigmatizar, ridicularizar e obstar a participação de qualquer outro cidadão brasileiro que declara-se cristão, mais precisamente, na participação da formação do embate político e da formação da opinião pública, especialmente quando o assunto tratado diz respeito à questão ético-comportamental da sociedade que contribuirão para a formação e criação de leis que integrarão o ordenamento jurídico pátrio.

Vemos, portanto, que a tão falada inclusão social tão venerada e propalada, e, sem dúvida, importante numa sociedade pluralista, tem tomado uma envergadura preconceituosa e tendenciosa, ferimento o embasamento sólido do ordenamento jurídico e o tão evocado princípio da isonomia ou igualdade, uma vez que essa tentativa de inclusão tem-se apresentado de uma maneira que podemos chamar INCLUSÃO EXCLUDENTE...