RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 94 registros para a palavra: tragedia

Papa Francisco diz que desemprego é tragédia mundial

O papa Francisco definiu hoje (1º) o desemprego como uma tragédia mundial e pediu a intercessão de São José por aqueles que perderam o emprego ou não conseguem encontrá-lo.

Ao final da Audiência Geral na Praça São Pedro, diante de milhares de fiéis, o pontífice fez votos de que a figura de São José, “o humilde trabalhador de Nazaré, nos oriente em direção a Cristo, sustente o sacrifício daqueles que praticam o bem neste mundo e interceda por aqueles que perderam o próprio emprego ou não conseguem encontrá-lo, uma tragédia mundial nesses tempos”...

Incêndio em um veículo em Juazeiro, por pouco não provoca uma tragédia de grandes proporções, confira:

Um incêndio num veículo por pouco não provoca uma tragédia de grandes proporções. Uma Kombi parou para abastecer num Posto próximo do Ceasa de Juazeiro, na Bahia, quando as chamas surgiram causando grande alvoroço nas pessoas que passavam no local.

A proximidade do sinistro com as bombas de abastecimento gerou um corre-corre, mas funcionários do posto e voluntários conseguiram apagar as chamas antes que elas ganhassem proporções ainda maiores. As imagens do sinistro chegaram à redação do Blog GJ Notícias nesta manhã. Confira:..

Quase 3 meses após tragédia, 32 barragens da Vale estão interditadas

Passados quase três meses da tragédia de Brumadinho (MG), 32 barragens da mineradora Vale sediadas em Minas Gerais estão com as atividades interditadas. A suspensão das operações destas estruturas tem ocorrido tanto por decisão da Justiça, como também da Agência Nacional de Mineração (ANM), da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) ou da própria mineradora.

A pedido da Agência Brasil, a Vale listou 30 estruturas que estão interditadas. Dessas, três estão na Mina Córrego do Feijão, onde também fica a barragem que se rompeu no dia 25 de janeiro. Além de Brumadinho, as estruturas com operações suspensas se situam nas cidades mineiras de Nova Lima, Ouro Preto, Itabirito, Itabira, Barão de Cocais, Rio Piracicaba e Mariana...

Bom Jesus da Lapa: Impactos da tragédia de Brumadinho na Bacia do Rio São Francisco serão discutidos em audiência pública

Os potenciais efeitos do rompimento da barragem de rejeitos de mineração da Vale em Brumadinho sobre a Bacia do Rio São Francisco será o tema da audiência pública realizada no dia 4 de abril, pela Promotoria Regional de Justiça Ambiental de Bom Jesus da Lapa, Bahia, às 9h, no Colégio Modelo, no município de Bom Jesus da Lapa. A audiência será presidida pela promotora de Justiça Luciana Khoury e servirá para coletar dados sobre os impactos da tragédia de Brumadinho nos municípios da calha do rio, na Bahia. 

Serão coletados junto aos poderes públicos, movimentos sociais e comunidade local, depoimentos sobre a potencial presença de metais pesados, que podem comprometer a qualidade hídrica da bacia e causar danos à saúde da população local, que passarão a integrar o inquérito civil do Ministério Público estadual sobre os efeitos da tragédia de Bumadinho na Bahia...

Morre jornalista Rafael Henzel, sobrevivente da tragédia com avião da Chapecoense 

Morreu na noite desta terça-feira (26), aos 45 anos, vítima de uma infarto, o jornalista Rafael Henzel. O profissional era um dos sobreviventes do acidente aéreo que vitimou profissionais de imprensa e a jogadores da Chapecoense, em novembro de 2016. A notícia foi confirmada pela Rádio Oeste Capital de Chapecó, onde Henzel trabalhava. 

Em 2017, Rafael Henzel lançou o livro Viva Como Se Estivesse de Partida, onde relatava a tragédia envolvendo o avião que transportava o clube catarinense para a final da Copa Sul-Americana, na Colômbia, e como teve força para se recuperar do episódio...

Presidente do Comitê cobra que a tragédia de Brumadinho e risco ao rio São Francisco voltem a ser discutidos

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, solicitou, através de ofício enviado para a Agência Nacional de Águas (ANA), na última sexta-feira (15), que voltasse à pauta das reuniões o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, visto que, na última videoconferência realizada no dia 11 de março, o assunto não foi sequer abordado.

Em fevereiro este Blogo informou que membranas de contenção da lama de rejeitos oriunda do rompimento da barragem da empresa Vale, em Brumadinho, que atingiu mortalmente o leito do Rio Paraopeba, em Minas Gerais, ainda não mostraram sua eficácia conforme a expectativa dos órgãos ambientais. Os equipamentos, instalados pela mineradora Vale, que deveriam, pelo menos, reduzir a velocidade de deslocamento da pluma de rejeitos e realizar sua filtragem, ocasionaram, inclusive, mortandade de peixes ainda sobreviventes na região. ..

Artigo - A tragédia de Suzano expôs feridas

A terrivel tragédia dos assassinatos na Cidade de Suzano é um flagrante da desmoralização da Família por parte dos veículos de comunicação e de sucessivos Governos permissivos, além da banalização do nosso sistema de Educação, igualmente permissivo, relativista e anárquico.

Aqui em nosso Brasil existem dois fatores os quais são essenciais para o êxito pessoal: Estrutura Familiar e Base Educacional. No primeiro roubaram a autoridade dos pais e no segundo a dos Educadores. A coisa só não é pior pela existência de Igrejas que não são ópio do povo, mas agentes catalisadores de potencialidades latentes e feridas...

Roberto Carlos, autor do Projeto de Lei que prevê mais segurança nas escolas, lamenta a tragédia em Suzano – SP

O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, autor do Projeto de Lei que cria a Companhia de Polícia Escolar e Comunitária - CPEC- destinada a garantir segurança nas escolas, lamentou, com profundo pesar, a tragédia que ocorreu na escola, em Suzano, na Grande São Paulo, onde o ataque a tiros deixou dez mortos.

De acordo com o parlamentar, é lamentável que ocorram tragédias, como essa, nas instituições onde as famílias confiam seus filhos. “Precisamos aprovar o Projeto de Lei de minha autoria, no Estado, para garantir ações preventivas de segurança em nossas escolas, instalando bases comunitárias de segurança, onde existe um alto índice de violência evitando tragédias como a de Suzano. Além disso, combateria o tráfico e o consumo de drogas nas escolas, o crime contra o patrimônio escolar, minimizando os gastos com a reposição de equipamentos, máquinas e até alimentação”, disse o deputado Roberto Carlos...

“VÃO ESPERAR ACONTECER UMA TRAGÉDIA?” RECLAMA ESTUDANTE DO IFBA POR CONTA DA ESCURIDÃO NA BA-210

Já se passaram os dois mandatos de Jaques Wagner, o primeiro de Rui Costa e a população juazeirense continua aguardando a duplicação da BA-210, área urbana da cidade, entre os contornos do Mercado do Produtor e da Rodovia Salitre. Afora este desejo, os estudantes do IFBA – Instituto Federal da Bahia em Juazeiro estão sendo assaltados todas as noites, com riscos de perder à vida, em razão da escuridão que reina na referida estrada baiana, proximidades do referido estabelecimento de ensino.

O leitor Mário Varjão, que estuda no IFBA, reiterou a reclamação sobre a escuridão: “Geraldo lembra das fotos que te mandei da escuridão do IFBA, pós é amigo foram mais duas vítimas na noite desta terça-feira (12). Por volta das 20h30min dois meliantes com ameaças de atirar assaltaram duas colegas. Graças a Deus só perda material. As autoridades estão esperando acontecer uma tragédia para tomar uma atitude? Tenho certeza que essa mensagem vai alcançar o prefeito dessa cidade, os 21 vereadores e com um pouco de sorte os dois deputados estaduais da nossa tão sofrida Juazeiro” expressou...

Nelson Leal diz que tragédia ocorrida em escola de Suzano é reflexo de "sociedade contaminada pelo ódio"

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado estadual Nelson Leal, manifestou o seu pesar pela tragédia que abalou hoje (13.03) o país, com a chacina ocorrida na Escola Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano/SP. "Em nome da Assembleia Legislativa da Bahia, manifesto o meu profundo pesar com o ocorrido. É mais uma tragédia que se soma às que já ocorreram este ano no Brasil. Sem sombra de dúvidas, é um ano de calamidades no país e reflexo de uma sociedade fortemente contaminada pelo ódio. Precisamos parar, fazer uma reflexão muito séria sobre o que está acontecendo conosco. O brasileiro afável, hospitaleiro e amoroso cada vez mais está dando lugar ao rancor, à xenofobia e ao ódio", disparou Leal.

Apresentando condolências e "os mais sinceros sentimentos às famílias das vítimas", o chefe do Legislativo estadual acredita que os dois atiradores que cometeram suicídio, depois de matar um comerciante e sete estudantes, respondem à pregação de intolerância que se disseminou pelo país nos últimos anos. "São dois jovens – um de 17 e outro de 25 anos -  que se imolaram depois de cometer esse ato absurdo, inexplicável. Se foram vítimas, ou não, de bullying, não se justifica este massacre", condena o presidente da ALBA...

Identificados os atiradores que agiram esta manhã em Suzano (SP)

A polícia divulgou agora a pouco os nomes dos dois atiradores que agiram nesta manhã de quarta-feira (13), por volta das 9h30, numa escola em Suzano-SP deixando um saldo de 8 pessoas mortas e pelo menos 20 feridos, alguns em estado grave. Entre os mortos estão alunos do ensino médio e funcionárias da Escola Estadual Raul Brasil. Os atiradores foram identificados como Guilherme Taucci Monteiro, de apenas 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, este último faria aniversário no sábado. O ataque ocorreu por volta das 9h30 desta quarta-feira (13). ..

Após tragédia no Ninho do Urubu, CTs são fiscalizados e interditados

Após a tragédia no Ninho do Urubu, que matou dez atletas da base do Flamengo, as autoridades passaram a se preocupar com a situação dos centros de treinamento de outros clubes brasileiros. Na última sexta-feira, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro recomendou a interdição do Ninho do Urubu, em Vargem Grande (Barra da Tijuca) na zona oeste do Rio. A interdição foi inicialmente pedida em 2017, mas não foi cumprida. Segundo o Ministério Público, o local só deve voltar a funcionar após cumprimento de exigências do Corpo de Bombeiros. O MP ameaça entrar na Justiça para interromper o uso das instalações do CT Jorge Helal, como é oficialmente chamado o Ninho do Urubu. Três dias após a tragédia, um princípio de incêndio atingiu o alojamento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), na Universidade da Força Aérea (UNIFA), no bairro da Sulacap, também zona oeste da capital fluminense. No momento em que houve o incidente, atletas do time sub-20 do Bangu repousavam. Por terem inalado fumaça, sete jogadores e um membro da comissão técnica receberam atendimento médico. ..

Horas antes de morrer, Boechat comentou sucessão de tragédias no Brasil na rádio

Uma coincidência marcou a morte do jornalista Ricardo Boechat. É assim que se define o que ocorreu nesta segunda-feira (11). O jornalista Ricardo Boechat, morto em acidente de helicóptero, em São Paulo, fez um comentário de quase 10 minutos na rádio BandNews FM sobre a sucessão de tragédias no Brasil em 2019, cerca de duas horas antes da sua própria tragédia.

Boechat relembrou os casos de Brumadinho – que deixou 325 mortos, dos quais 160 ainda não foram encontrados – e do Ninho do Urubu – quando 10 crianças da base do Flamengo morreram em um incêndio. O jornalista alertou para que essas duas tragédias não fiquem no “ôba-oba”. “É preciso que as consequências sejam mais rápidas no campo da polícia, do Ministério Público. Depois é apoiado pelo esquecimento, da nossa velha tradição de deixar para lá e tocar adiante”, afirmou...

Maior tragédia da história do clube, diz Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo

O ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello afirmou que o incêndio em um alojamento no Ninho do Urubu, na Zona Oeste do Rio, que matou jovens atletas da categoria de base do clube, é a maior tragédia da história do clube.

“É a maior tragédia da história do clube. Não se tem a menor dúvida disso. Qualquer ser humano fica consternado numa hora dessas. Provavelmente conhecia a maioria”, disse ao blog...

Chega a 150 o número de mortos na tragédia da Vale em Brumadinho

Subiu para 150 o número de mortos no rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e prestes a completar duas semanas. As informações sobre as buscas foram atualizadas em entrevista coletiva no início da tarde desta quarta-feira. Dos 150 corpos resgatados, 134 foram identificados. Outras 182 pessoas continuam desaparecidas. Hoje, 13º dia de buscas, foi lançado um efetivo de 379 homens e mulheres, entre bombeiros militares e também voluntários civis.

A manhã começou com uma chuva fina no centro de operações montado em Córrego do Feijão, mas o tempo melhorou e as 30 equipes com apoio de 21 máquinas pesadas e quatro caminhões seguiram para o trabalho. De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara, as buscas na  região continuarão por tempo indeterminando, e diariamente estão sendo monitoradas as condições climáticas da região. ..

Tragédia Brumadinho: Família petrolinense confirma que o corpo de Claúdio Marcio foi identificado através de exame de DNA

A família  de Cláudio Márcio dos Santos, 46 anos confirmou, que o corpo dele foi identificado através de exame de DNA no Instituto Médico legal de Minas Gerais. Os corpos resgatados no lamaçal provocado pelo rompimento da Barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, são identificados, por meio de exames de DNA e de arcada dentária.

Este Blog Geraldo José em contato com a família nesta madrugada foi informado que o inspetor de máquinas e equipamentos, Cláudio Márcio dos Santos, teve a morte confirmada. Ele é uma das vítimas do rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho, no estado de Minas Gerais. ..

Sobe para 115 número de mortos na tragédia de Brumadinho

A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (1º) que aumentou o número de mortos e desaparecidos entre as vítimas do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. O balanço revelou 115 mortos, 248 desaparecidos e 395 localizados. Dos mortos, 71 foram identificados.

Segundo a Defesa Civil, aumentou o número de desaparecidos a partir de informações transmitidas ao serviço de ouvidoria da empresa Vale. Por isso, foram incluídos mais dez nomes na relação de desaparecidos...

Tristeza toma conta de Brumadinho (MG) uma semana após a tragédia

“O sofrimento é em dose homeopática.” A frase do enfermeiro Jairo Oliveira Corrêa, do Posto de Saúde de Parque da Cachoeira, uma das comunidades mais atingidas pela lama do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, obviamente não se refere ao volume, mas ao ritmo de conta-gotas com que o sentimento se espalha entre moradores e envolvidos no socorro às vítimas da catástrofe.

Uma dor que retrata bem como foi a primeira semana na cidade castigada por aquela que já é a pior tragédia humana da história da mineração no país, que chegou ontem a 110 mortes confirmadas, e tende a ultrapassar as três centenas...

Famílias de desaparecidos na tragédia começam a fazer cadastro para receber doação da Vale, entre eles a petrolinense Ana Paula

Conforme este Blog informou o crime ambiental de Brumadinho, Minas Gerais, atingiu também uma família de Petrolina. Ana Paula dos Santos tem dois filhos com Claudio Marcio, que desde a sexta-feira 26, dia do rompimento da Barragem não deu mais notícias. Claudio Marcio trabalhava na Vale onde era inspetor de máquinas. Ele consta na lista de desaparecidos.

A última informação que a família recebeu sobre Cláudio Márcio dos Santos foi por meio de um colega de trabalho que esteve com ele poucos minutos antes do rompimento da barragem. "Ele estava conversando com um amigo, que terminou o serviço, saiu e deixou ele, que ainda estava terminando o trabalho. Foi na hora que aconteceu o rompimento da barragem", contou Ana Paula...

Petrolina: Ana Paula e filhos do desaparecido da tragédia de Brumadinho já estão em Minas Gerais

Conforme este Blog Geraldo Jose informou, Ana Paula Santos, esposa do inspetor de máquinas e equipamentos, Cláudio Márcio dos Santos, de 46 anos, que está entre os desaparecidos desde o rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale do Rio Doce em Brumadinho, viajou e já se encontra em Minas Gerais. Ana Paula e dois filhos viajaram nesta quarta-feira (30) para Minas, para ficar próxima da família e buscar mais informações sobre Claúdio que é um dos desaparecidos da tragédia provocada pela empresa Vale, que explora a mineração em Minas Gerais.

Ana conta que a última informação que a família recebeu sobre Cláudio Márcio dos Santos foi por meio de um colega de trabalho que esteve com ele poucos minutos antes do rompimento da barragem. "Ele estava conversando com um amigo, que terminou o serviço, saiu e deixou ele, que ainda estava terminando o trabalho. Foi na hora que aconteceu"...