RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 135 registros para a palavra: tragedia

Tragédia familiar: homem entra em apartamento e atira em ex-esposa e mais duas pessoas

Uma tragédia familiar ocorreu, na manhã desta sexta-feira (8), no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Um homem de 47 anos, identificado como Emerson, acessou um condomínio localizado na rua dos Navegantes, entrou no apartamento da ex-esposa, Regina, de 48 anos, atirou contra ela e contra outras duas pessoas que estavam no local.

De acordo com um amigo das vítimas, que preferiu não se identificar, estavam no imóvel, a filha da ex-esposa, Maiara, 21 anos, e o namorado dela, Breno Felipe, 28, além de Regina...

Presidente Jair Bolsonaro (PL) e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), trocaram críticas pela atuação diante das fortes chuvas

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), trocaram críticas pela atuação diante das fortes chuvas que atingem o estado, e que já deixaram ao menos 79 mortos. Em visita ao Recife hoje, Bolsonaro disse que "faltou iniciativa" ao governo estadual.

Em todos os momentos que os governadores nos procuraram ou prefeitos, nós atendemos. Eu acho que faltou iniciativa da parte dele também. Aqui ninguém está proibido de comparecer nesse local, nesse momento", afirmou durante coletiva de imprensa. "Se o governador estava fazendo outra coisa, não sei, talvez ache melhor não estar presente aqui. Mas a gente não vai politizar essa questão"...

Chuvas: Presidente disse que quer se inteirar melhor da tragédia e afirma que visita Recife nesta segunda-feira (30)

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em suas redes sociais que irá para Pernambuco para “melhor se inteirar da tragédia” causada pelas chuvas no Grande Recife.

Em sua postagem disse que o governo federal disponibilizou “desde o primeiro momento, todos os seus meios para socorrer aos atingidos, aí incluído as Forças Armadas.”..

Miguel cancela anúncio do Plano de Governo: “momento é de atenção às vítimas da tragédia”

O pré-candidato ao governo do estado Miguel Coelho cancelou a apresentação das diretrizes do Plano de Governo, que estava marcada para esta segunda-feira (30), no Recife.

Segundo Miguel, a gravidade da situação exige que todos os esforços estejam voltados para socorrer e apoiar as vítimas da tragédia causada pelas chuvas que atingem o estado, sobretudo a Região Metropolitana e a Mata, e preservar o maior número de vidas...

Livro reúne investigações sobre dinâmica do capitalismo na tragédia do agronegócio brasileiro

Para além de debates ideológicos, o modelo de desenvolvimento agropecuário baseado na concentração fundiária e na monocultura tem se provado cada vez nocivo à sociobiodiversidade. 

No Brasil, os efeitos são evidentes e vão desde a destruição dos recursos naturais até o aprofundamento da desigualdade social, passando pela agressão neocolonial contra povos tradicionais...

Jornalista chora ao vivo por conta de tragédia em Petrópolis: “Muito difícil”

Flávio Fachel deixou a bancada do Bom Dia RJ para ir a campo fazer a cobertura da tragédia em Petrópolis, Rio de Janeiro. Ao vivo, o jornalista não conteve as lágrimas ao falar sobre o ocorrido.

“Não tem como a gente não se emocionar, porque a gente sabe que tem gente aqui que ainda precisa ser resgatada. É muito difícil o que a gente está acompanhando aqui”, afirmou Flávio, aos prantos...

Tragédia anunciada: Desastres causados por alterações climáticas evidenciam falta da cultura de prevenção, afirma especialista

Nos últimos dias, a cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, sofreu com chuvas intensas e desmoronamentos. A tragédia representa mais um caso em que as mudanças climáticas afetam drasticamente uma parte do Brasil. Em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, o professor Pedro Luiz Côrtes, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) e do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da USP, analisa os impactos  do desastre.

Na visão do professor, a tragédia que acometeu Petrópolis foi uma tragédia anunciada: “Em 2017 foi divulgado o plano anual de redução de riscos, onde apontava que 18% da área do município, cerca de 15 mil casas na região central, estava situada em região de risco. Havia a sugestão para a realização de uma série de obras, como a contenção de encostas, desassoreamento de rios, reflorestamento de encostas, remoção das populações em área de risco e absolutamente nada foi feito nos últimos cinco anos”. ..

Tragédia em Petrópolis: muitas crianças entre os desaparecidos após deslizamentos

Passadas quase 12 horas do temporal que causou uma tragédia em Petrópolis, Região Serrana do Rio, e que até agora já causou a morte de mais de 30 pessoas, o cenário é de destruição e desespero de famílias que ainda procuram por parentes desaparecidos, entre eles, muitas crianças.

No Morro da Oficina, neste fim de madrugada, ao menos dois corpos já foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros que trabalham desde o fim da noite de terça-feira. Nesta região, que fica bairro Alto da Serra, estima-se que cerca de 80 casas tenham sido afetadas...

Federalização: Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Passados exatos três anos da tragédia em Brumadinho (MG), a tramitação do processo criminal pode voltar à estaca zero depois que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou, mais de uma vez, que a Justiça estadual não tem competência para analisar o caso.

O processo seria assim federalizado, o que ainda será analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Se a decisão for mantida, atos processuais já realizados serão anulados...

Artigo - Os três anos da tragédia de Brumadinho/MG e a falta de responsabilização dos envolvidos

Nesta terça-feira, dia 25 de janeiro, o desastre de Brumadinho/MG completa três anos. Naquele dia, em 2019, a parte inferior do reservatório de rejeitos da mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale S.A, rompeu, arrastando tudo o que havia pela frente e levando consigo, entre óbitos e jamais encontrados, 272 vidas, liberando ainda cerca de 12 milhões de metros cúbicos de lama contendo rejeitos de mineração. Este foi o maior desastre em barragens de mineração no Brasil e está entre os maiores do mundo. 

Mesmo após este indesejado aniversário, diversas questões ainda pairam no ar, especialmente no que toca à responsabilização Cível, Administrativa e Penal tanto das pessoas físicas quanto das pessoas jurídicas envolvidas nesta tragédia...

Artigo - Tragédia na Bahia mostra que a população não é prioridade

A Bahia enfrenta, desde o final do difícil 2021, o maior desastre climático de sua história, com inundações que atingem 109 cidades – ou seja, 26% de seus municípios –, mais de 20 mortes e cerca de 409 mil pessoas desabrigadas. Recentemente, Manaus e várias cidades do interior do Amazonas também sofreram com tempestades, ventos fortíssimos e destruição de instalações da distribuidora de energia local.

É uma situação de calamidade pública, com prejuízos gigantescos e enorme sofrimento da população, que clama por água, alimentos, colchões e medicamentos. Apesar de tamanha gravidade, não se viu nenhum partido político ou mesmo os governadores da Bahia e do Amazonas oferecerem suas cotas-parte do Fundo Partidário e/ou a destinação de parte do fundo eleitoral de 2022 para o socorro da população...

Bombeiros encontram corpos e mortos na tragédia de Capitólio sobem para 10

Os Bombeiros de Minas Gerais encontraram os corpos dos dois últimos desparecidos após o trágico acidente no Lago de Furnas, em Capitólio, no sudoeste do Estado. Com isso, são dez mortos na tragédia de sábado, 8, quando uma grande rocha se depreendeu do cânion e atingiu três lanchas que faziam o passeio no lago.

Todas as vítimas estavam na mesma embarcação, a Jesus. Devido à violência do acidente, a Polícia Civil só conseguiu identificar apenas um corpo até o momento: Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG)...

Tragédia: erosão e falta de mapeamento de riscos podem ter causado queda, dizem especialistas. Buscas continuam neste domingo (09)

O desabamento de um paredão no lago de Furnas, em Capitólio (MG), pode ter sido causado pela erosão do solo, que teria sofrido infiltrações com as águas das fortes chuvas que atingem todo o estado há dias, segundo especialistas.

Há, também, outras hipóteses para a tragédia, como a falta de um mapeamento de riscos da região e o fato de que paredões e falésias costumam ceder naturalmente...

Marinha vai abrir inquérito para investigar desabamento de rocha em MG

A Marinha brasileira informou, neste sábado (8), que vai abrir um inquérito para investigar as causas e circunstâncias do desabamento de rocha na cidade de Capitólio, em Minas Gerais, que deixou ao menos um morto.

“A Marinha do Brasil informa que tomou conhecimento de um acidente, no fim da manhã de hoje, após deslizamento de rochedo atingir embarcações que navegavam a região dos cânions, em Capitólio-MG”, afirmou a assessoria da Marinha em nota...

Recursos para vítimas das chuvas são menores que a dimensão da tragédia

O número de vítimas das enchentes na Bahia subiu para 21, de acordo com dados divulgados, ontem, pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec). Além disso, foram contabilizados 34.163 desabrigados, enquanto os desalojados são 42.929.

O estado enfrenta o maior acumulado de chuvas para dezembro nos últimos 32 anos. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Itamaraju, no sul da Bahia, foi o município onde mais choveu no Brasil este mês, com 769,8mm, o que representa mais que o quíntuplo da sua climatologia de dezembro (148,0mm)...

Bolsonaro ignora tragédia na Bahia, anda de jet ski e fala em manter folga em Santa Catarina

Em passeio pela Praia do Forte, em São Francisco do Sul (SC), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou no fim da tarde de segunda-feira (27) que "espera não ter de retornar antes" do feriado de Réveillon no litoral catarinense.

A declaração, divulgada por reportagem do portal ND Mais, ocorreu após ele ser questionado sobre a estadia no Sul durante a reta final do ano. "Espero não ter de retornar antes", disse...

Caso da Boate Kiss vai a júri oito anos após tragédia. Incêndio em Santa Maria (RS) matou 242 pessoas e deixou 636 feridas

Após oito anos e 11 meses, finalmente vai à júri, nesta quarta-feira (1º), o caso da Boate Kiss, tragédia que matou 242 pessoas e deixou 636 feridas em 27 de janeiro de 2013, na cidade gaúcha de Santa Maria. Todas foram vítimas de um incêndio, que começou no palco, onde se apresentava uma banda, e logo se alastrou, provocando muita fumaça tóxica.

No palco, se apresentava a Banda Gurizada Fandangueira, quando um dos integrantes disparou um artefato pirotécnico, atingindo parte do teto do prédio, que pegou fogo. São réus Elissandro Callegaro Spohr, sócio da boate; Mauro Londero Hoffmann, também sócio; Marcelo de Jesus dos Santos, vocalista da Banda Gurizada Fandangueira, e Luciano Bonilha Leão, produtor musical...

Laudo aponta morte de Marília Mendonça por politraumatismo

A Polícia Civil constatou que a cantora Marília Mendonça morreu de politraumatismo contuso durante queda do avião, que matou também outras quatro pessoas no dia 5 de novembro, diz o laudo apresentado nesta quinta-feira (25).

Morte por politraumatismo, como a de Marília Mendonça, é constatada em casos em que o óbito é causado por mais de uma lesão com impacto fatal...

Tragédia: Ciclista atropelada na Avenida Mosenhor Angelo é identificada

Uma mulher morreu após a bicicleta dela ser atingida por uma carro, na manhã desta segunda-feira (11), na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, em Petrolina, Pernambuco. O acidente aconteceu próximo ao shopping. Após a colisão, a vítima, identificada como Edite Araújo Ribeiro, de 59 anos, ficou com parte do corpo dentro do carro.

Os policiais tiveram acesso as câmeras de segurança de um posto de gasolina que fica aqui perto do local do acidente. Eles contaram que as imagens mostram que a mulher atravessou avenida montada na bicicleta, e que na faixa que fica próximo ao canteiro central foi surpreendida pelo carro...

Tragédia: Ciclista é atropelada na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio em Petrolina

Uma ciclista ainda não identificada foi atropelada e morreu na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, em Petrolina, nas imediações do River Shopping. Após a colisão, a vítima ficou com parte do corpo dentro do carro. Com o impacto o corpo destruiu o para-brisas do carro, um gol branco.

De acordo com informações, o carro do SAMU foi acionado e demorou a chegar no local. "E quando chegou veio sem médico." Vários populares ligaram para a Rádio Jornal relatando a "aflição da cena"...