RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 1032 registros para a palavra: professores

PROFESSORES E ESTUDANTES DA UNEB ADIAM ENCONTRO DE AVALIAÇÃO DA GREVE EM JUAZEIRO

Por motivo de ordem superior os professores e alunos da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus III – Juazeiro, transferiram o encontro que aconteceria nesta terça (28) com jornalistas dos veículos de comunicação de Juazeiro e Petrolina para a próxima terça-feira, 05 de julho, às 8h30, no Auditório Tadeu Severino, no Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais - DTCS, onde funcionam os cursos de  Engenharia Agronômica e Direito.

Nesse encontro serão apresentados os principais encaminhamentos discutidos ao final do movimento paredista, iniciado no dia 26 de abril e encerrado no dia 17 de junho, no sentido de garantir o cumprimento do acordo assinado entre o movimento docente e o governo do Estado e de pensar melhores formas de gerenciamento e funcionamento da universidade. ..

Estudantes, professores e profissionais de saúde já podem se inscrever no III Plamevasf

Os estudantes de graduação, pós-graduação e professores interessados em participar do III Simpósio de Plantas Medicinais do Vale do São Francisco (Plamevasf), já podem se inscrever no evento, que acontecerá de 12 a 15 de outubro de 2011, no complexo multieventos do campus Juazeiro da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O simpósio tem como objetivo discutir propostas de aproveitamento do potencial químico e farmacológico da biodiversidade do Vale do São Francisco, e é voltado para profissionais de saúde e áreas afins. Fazem parte da programação minicursos, palestras, além da apresentação de trabalhos científicos.

Até 31 de julho, as inscrições, que podem ser feitas online, custam R$ 35,00 para estudantes de graduação, R$ 65,00 para alunos de pós-graduação e R$ 85,00 para profissionais. Após esta data, os valores serão alterados. Serão disponibilizadas 700 vagas. O pagamento da taxa deverá ser feito por transferência ou depósito bancário na conta da Sociedade Brasileira de Farmacognosia (SBFgnosia), cujos dados são: Agência (Banco do Brasil): 1876-7, Conta Corrente: 224966-9. As inscrições podem ser feitas também presencialmente. Os interessados devem procurar a comissão de estudantes do curso de Ciências Farmacêuticas no campus Petrolina Sede, no horário das 8 às 12h, e das 14 às 18h.

A submissão de trabalhos no Plamevasf poderá ser feita até o dia 9 de setembro. Os participantes poderão inscrever estudos nas áreas de agronomia, toxicologia, farmacologia, química, microbiologia, parasitologia, etnofarmacologia, botânica/etnobotânica, tecnologia farmacêutica e fitoterapia. O formulário está disponível no site do simpósio (http://www.plamevasf.com/). Cada inscrição dá direito a submissão de até dois trabalhos...

PROFESSORES DA UNEB EM JUAZEIRO FAZEM AVALIAÇÃO DA GREVE QUE DUROU 51 DIAS

Os professores e alunos da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus III – Juazeiro, convidaram os veículos de comunicação de Juazeiro e Petrolina para um café da manhã, no dia 28 (terça-feira) de junho, às 8h30, no Auditório Tadeu Severino, Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais - DTCS, onde funcionam os cursos de  Engenharia Agronômica e Direito.

Nesse encontro serão apresentados os principais encaminhamentos discutidos ao final do movimento paredista, iniciado no dia 26 de abril e encerrado no dia 17 de junho,  no sentido de garantir o cumprimento do acordo assinado entre o movimento docente e o governo do Estado e de pensar melhores formas de gerenciamento e funcionamento da universidade...

PROFESSORES DA UNEB EM JUAZEIRO LANÇAM LIVRO SOBRE A EDUCAÇÃO E CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO

Acontecerá no próximo dia 30, no Auditório do Campus III da UNEB, localizado no Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais - DTCS,  em Juazeiro, a partir das 20 horas,  o lançamento do Livro: Educação e Convivência com o Semi-árido - Reflexões por dentro da UNEB,  que tem como organizadores Edmerson dos Santos Reis, Luzineide Dourado Carvalho e Maria Luciana da Silva Nóbrega.

O livro é uma coletânea de artigos que versam sobre a constituição histórica e geográfica do Semi-árido Brasileiro, destacando os significados postos sobre a natureza, o território e as proposições de desenvolvimento dessa região; a questão da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e do Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA); a experiência vivenciada na elaboração de dois livros didáticos contextualizados - “Conhecendo o Semiárido 1 e 2;  as comunidades quilombolas rurais compreendidas como comunidades do campo e como uma nova perspectiva pedagógica para se pensar a Educação do Campo;  o processo de formação dos profissionais da Educação na atualidade, a partir dos fundamentos legais e éticos do ‘ser-professor’, além de algumas observações suscitadas no trabalho de elaboração e execução de uma pesquisa sobre os processos de subjetivação em curso nas comunidades rurais de Massaroca, no município de Juazeiro...

Proposta que obriga alunos a permanecer na escola mesmo na falta de professores deve ser votada na próxima semana pelo Senado

Na maioria das escolas públicas é comum os alunos voltarem para casa quando o professor falta à aula. No entanto, projeto de lei em análise no Congresso Nacional pretende mudar esse fato. Proposta originária da Câmara dos Deputados obriga as escolas públicas de ensino básico a manter os alunos em suas instalações, mesmo se o professor não comparecer à escola. Além disso, nesses casos os estudantes deverão receber atividades complementares, organizadas de acordo com a faixa etária e a grade curricular de cada série. A matéria pode ser votada na próxima semana pela Comissão de Educação do Senado. Caso seja aprovada, seguirá direto para sanção presidencial. ..

APLB CONQUISTA RATEIO PARA OS PROFESSORES DE UAUÁ

Finalmente, depois de muito diálogo, consultas nos órgãos responsáveis, além de várias reuniões com o prefeito Jorge Lobo e a Secretária de Educação do município de Uauá, o rateio referente ao ajuste do Fundeb 2010, tornou-se realidade para os professores uauaenses. No dia 20 de junho (segunda-feira), houve a reunião para autorização do pagamento de R$ 317,00 para cada professor em atividade, num total de 348 profissionais, na câmara de vereadores, onde contou com participação efetiva dos professores que entoaram a canção “Pra não dizer que não falei das flores” de Geraldo Vandré, momento que emocionou a comunidade presente.

Os professores deram entrevistas para servir de documentário para Aplb, onde externaram a alegria, satisfação e o prazer de estar em um sindicato atuante que em pouco tempo só tem dado conquistas importantes para a categoria.  Alegres por poderem passar o São João com um dinheiro extra no bolso...

Univasf: Processo seletivo para professores será realizado no campus Petrolina Sede

As comissões gestoras dos Processos Seletivos Simplificados (PSS) para a contratação de professores temporários nos campi de Juazeiro (edital nº 34/2011) e Ciências Agrárias (edital nº32/2011), em Petrolina, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), informam que o sorteio do ponto e a realização da prova didática acontecerão no campus Petrolina Sede. As etapas iriam ser realizadas anteriormente nos respectivos campi.

De acordo com a portaria de número 001/2011, a mudança se deve para facilitar o transporte e o acesso dos candidatos ao processo seletivo. Para os inscritos na seleção de professores do campus Ciências Agrárias, o sorteio do ponto acontece às 8h no dia 21/06, no Núcleo Temático 03, localizado no bloco de aulas do campus Petrolina Sede, e a prova didática, à partir das 8h do dia 22 de junho. Já para os inscritos na seleção de professores para o campus Juazeiro, o sorteio do ponto será feito nesta terça-feira (21), às 9h, no mesmo local. As provas didáticas acontecem no dia 22 também às 9h.

As salas onde acontecerão as provas foram divulgadas hoje (20) na portaria de confirmação de inscrições, que está disponível na página de concursos da Univasf. Mais informações também pelo e-mail concursodocente@univasf.edu.br ou pelo número 2101-6747, da Pró-Reitoria de Ensino da Univasf (Proen).  ..

PREFEITO DE UAUÁ CONCEDE ABONO AOS PROFESSORES

O prefeito de Uauá Jorge Lobo esteve reunido ontem, dia 16, na Secretaria Municipal de Educação, com a Secretária Maria de Fátima Ribeiro, os Coordenadores da APLB-Sindicato e o Sindicato dos Servidores Municipais-SINDSMU, ocasião em que anunciou a decisão de conceder aos professores municipais em exercício, um abono individual de R$328,00. Embora os recursos sejam do FUNDEB, a iniciativa se reveste de importância uma vez que a prefeitura já superou o índice de 60% de aplicação na educação, como previsto na legislação, constituindo-se a decisão em ato de espontaneidade do gestor municipal.

Em complemento da decisão anunciada aos professores, o Prefeito se reunirá na próxima segunda-feira, às 10:00 horas, no recinto da Câmara de Vereadores, com a presença dos professores, quando assinará a autorização a ser enviada ao Banco do Brasil para imediata liberação do pagamento. Assim, os professores estarão recebendo um abono adicional antes do início das festas de São João...

Prefeito não assina acordo e professores continuam acampados em frente à prefeitura de Casa Nova

Segundo a APLB, o prefeito de Casa Nova, interior da Bahia, Orlando Nunes Xavier não compareceu à reunião de sexta-feira (10), que poderia ter dado fim a greve dos professores, deflagrada há quase dois meses.  Na ocasião, a categoria esperava que Orlando assinasse o documento que continha os pontos negociados um dia antes (9) com o gestor municipal. Nós consideramos isso uma traição, uma vez que a categoria estava em negociação e ele (o prefeito) fez uma brincadeira dessas com a gente. Isso significa dizer, que não há interesse nenhum do gestor e nem da secretária de Educação Alda Xavier, irmã dele, com a educação do município”, desabafou a diretora da APLB Sindicato, Maria do Carmo. 

 Além da não assinatura do acordo, os professores sofreram outra retaliação. Para “surpresa do grupo, o poder judiciário entendeu o movimento grevista como ilegal, e exigiu o retorno imediato das aulas sobre pena de multa diária de R$ 5 mil”, revelou a sindicalista. Desde o dia 02 de maio, professores da rede municipal de Casa Nova realizam fato inédito na história do município. No dia 25 de maio, para pressionar o poder executivo, os docentes decidiram acampar em frente à prefeitura...

GREVE DOS PROFESSORES DE CASA NOVA: IMPASSE COM A PREFEITURA CONTINUA

O movimento dos professores em Casa Nova, que culminou na paralisação no dia 02 de maio, aparentemente está longe de um fim. Após nota publicada pela assessoria de imprensa da prefeitura, indicando a possibilidade do fim negociado para a paralisação, uma decisão judicial, de primeira instância, determina o fim da greve.

“O que pode parecer um 'golpe de mestre' para alguns é, na verdade, exemplo maior da covardia administrativa de um representante em quem o povo acreditou que buscaria melhoria na educação, saúde e segurança”. Assim desabafou a diretora da APLB Sindicato, Maria do Carmo da Rocha Braga, que, juntamente com diversas outras entidades representativas da sociedade, tenta a negociação para por fim o movimento dos professores...

Univasf lança editais para seleção de professores temporários

Começam a partir desta sexta-feira (10), as inscrições para a seleção de professores temporários que vão atuar em diversas áreas dos cursos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Serão 36 vagas, destinadas para graduações nos campi Petrolina-Centro e Ciências Agrárias, em Pernambuco, Juazeiro na Bahia e São Raimundo Nonato, no Piauí. Os professores selecionados irão lecionar em áreas como Ciências Sociais, Farmacêuticas e Biológicas, além de Educação Física, Química, Engenharia Agrícola e Artes Visuais.

Os interessados terão até o dia 14 de junho para se inscreverem, somente pela internet. A taxa de inscrição varia entre R$40,00 e R$55,00 conforme a vaga que o candidato deseja concorrer. O processo seletivo consistirá na aplicação de prova didática e avaliação de títulos, que acontecem nos dias 21 e 22 do mesmo mês. Mais informações sobre a seleção nos editais de números 31, 32, 33 e 34/2011, disponíveis no site: http://www.concurso.univasf.edu.br/. ..

Vereador Leonardo Silva repudia greve dos professores de Casa Nova

Nesta terça-feira (07), foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Casa Nova. Durante pronunciamento da tribuna, o vereador Leonardo Silva repudiou a greve dos professores da rede municipal de ensino, afirmando que a categoria não terá suas principais reivindicações atendidas. 

Lembrou que a presença dos professores em frente ao prédio da prefeitura, serviu para acabar com a “grama”, ou seja, estão destruindo o meio ambiente. “Seria uma vergonha se viesse uma comissão de deputados para Casa Nova com a intenção de resolver os problemas dos professores. É uma prova que nesta Casa não tem vereadores, Casa Nova não tem políticos à altura, para precisar que os deputados tenham de intervir em questões do município”, disse. (Com informações do Portal Casa Nova) ..

Professores de Juazeiro e do estado participam de processo formativo e recebem dicas para qualidade de vida

Ontem (02), professores da rede municipal e estadual dos bairros Quidé e Piranga se reuniram na Escola Modelo para participarem da formação educativa em prol da redução das doenças ocupacionais ocasionadas em ambientes de trabalho. Muitos profissionais de saúde dedicaram a tarde para orientar o público com relação a diversos temas como: “Uso correto das cordas vocais”, ministrada pela fonoaudióloga Jaidenysse Pinheiro de Melo, “Síndrome de Burnout” (insatisfação do professor no ambiente de trabalho e stress em alto grau) com a enfermeira Ariane Queiroz, “Ergonomia”, ministrada pela fisioterapeuta Cephora Penélope da Cruz Vitorino e para encerrar as atividades, o educador físico Nivaldo Mendes Júnior deu uma aula de “Ginástica Laboral” para relaxamento.

Para a professora do Colégio Estadual Jutahy Magalhães, Leila Cristina Santana Pacheco, as palestras foram muito importantes. “É essencial que nosso trabalho seja qualificado diariamente. Este processo de formação contribui para as melhorias da nossa vida pessoal e profissional, tanto relacionada com o físico como o emocional”, frisou. Durante as palestras, os professores foram orientados com relação ao conjunto de exercícios que visam melhorar as condições gerais da produção vocal, dicas relativas aos hábitos alimentares, postura correta do funcionário, e tantos outros assuntos...

PROFESSORES DESOCUPAM O PRÉDIO DA PREFEITURA, MAS PERMANECEM MOBILIZADOS EM CASA NOVA

Os professores e demais trabalhadores em educação da rede municipal de ensino em Casa Nova decidiram cumprir a decisão judicial que determinou ontem (25) a reintegração de posse do imóvel da Prefeitura Municipal. Os mesmos decidiram sair do prédio, mas permanecem acampados com colchonetes e até já armaram barracos em frente ao equipamento público onde permanecerão até que sejam atendidos pelo prefeito e Secretária de Educação.

Nesta quinta-feira, dia 26, haverá uma audiência com a promotoria pública, quando participarão representantes da APLB Sindicato e dos diversos movimentos sociais e sindicais que apóiam o movimento. Sexta-feira, dia 03 de junho, às 13h00, será realizada em Casa Nova,  uma Audiência Pública com a comissão de educação da Assembléia Legislativa da Bahia composta por sete deputados.  ..

PROFESSORES OCUPAM SEDE DA PREFEITURA DE CASA NOVA

Durante manifestação na manhã desta terça-feira (24), professores ocuparam o prédio da prefeitura de Casa Nova, argumentando que estão lutando por melhores condições de trabalho, reestruturação do plano de cargos carreira e remuneração do magistério, estatuto do magistério, piso salarial nacional, transporte escolar, merenda em quantidade e com qualidade.

Houve tumulto no acesso as dependências da sede do Poder Executivo, as portas de vidro foram quebradas, mas ninguém se feriu com gravidade..

PROFESSORES DE CASA NOVA COMPLETAM 23 DIAS EM GREVE

Os professores de Casa Nova completam nesta segunda-feira (23) vinte e três dias de greve por melhores condições de trabalho, piso salarial nacional, plano de cargos, carreira e remuneração do magistério, estatuto do magistério, merenda, transporte escolar e sobretudo por respeito à educação.

Hoje, haverá uma assembléia na Colônia de Pescadores, às 15 horas para discutir e organizar o ato público que acontecerá nesta terça-feira, dia 24, na praça principal da cidade...

Aleluia: Greve dos professores revela autoritarismo de Wagner

“O tratamento dado pelo governador Jaques Wagner à legítima greve dos professores das universidades estaduais só confirma o caráter autoritário e demagógico do petismo”, comenta o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, sobre a ameaça governamental de cortar os dias parados dos professores em greve, embora o direito ao pagamento já tenha sido reconhecido pela Justiça em decisão liminar.

O líder oposicionista concorda com a reivindicação dos grevistas de que seja revogado o decreto 12.583/11. “Essa medida do governador restringe o orçamento das universidades estaduais e prejudica a qualidade do ensino. Em vez de cortar na educação, o governo deveria ter evitado os gastos nas contratações de companheiros para as novas secretarias”.

Aleluia considera absurda a inclusão sorrateira no acordo proposto pelo governo de uma cláusula que impede reivindicações salariais dos professores até 2015. “Fico a imaginar a reação que isso causaria nos petistas se fosse proposto pelos governos anteriores”.

O presidente democrata diz que a máscara do petismo caiu. “Está provado que o discurso deles fora do poder era pura demagogia. Pregavam uma coisa e a prática é bem diferente. O que se constata é o autoritarismo de toda ordem”. ..

PROFESSORES DA UNEB EM JUAZEIRO FAZEM AVALIAÇÃO DA GREVE QUE JÁ DURA 25 DIAS

Em greve há vinte e cinco dias, os professores da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) receberam os veículos de comunicação de Juazeiro e Petrolina na manhã desta quinta-feira (19), no Departamento de Ciências Humanas, em Juazeiro, quando fizeram uma avaliação do movimento grevista e um panorama sobre a situação das universidades públicas na Bahia.  

Manoel Ernesto e Edmerson Reis, representando os demais líderes do movimento, explicaram que a greve não era apenas por reajuste salarial, mas também em favor da contratação de professores, da anulação do decreto 12.583/11, que o direito da progressão e promoção seja mantido, e contra a chamada cláusula da mordaça que congela os salários por quatro anos...

Em sessão especial, Câmara vai debater greve dos professores da Uneb

A greve dos professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em especial a do campus III em Juazeiro, será o tema de sessão especial na Câmara Vereadores nesta quarta-feira (18), a partir das 16h, no auditório da Casa Aprígio Duarte. Representantes dos docentes e discentes estarão presentes à reunião, solicitada a Mesa diretora da Câmara na última semana.

Em sessão especial, Câmara vai debater greve dos professores da Uneb

Para o presidente da comissão de Educação da Câmara, vereador Benedito Marques (PSDB), esse é um espaço muito importante para o desenvolvimento do ensino superior em nossa região. “Mesmo sabendo que não é de nossa competência legislar pela Universidade, já que ela é estadual, não podemos ficar parados com essa situação. A Câmara de Vereadores é a caixa de ressonância da cidade e vamos juntos com os professores debater essa situação. Nós vereadores somos sensíveis luta por uma Uneb melhor”, explicou...

Em sessão especial, Câmara de Juazeiro vai debater greve dos professores da Uneb

 
A greve dos professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em especial a do campus III em Juazeiro, será o tema de sessão especial na Câmara Vereadores na próxima quarta-feira (18), a partir das 16h, no auditório da Casa Aprígio Duarte. Representantes dos docentes e discentes estarão presentes à reunião, solicitada a Mesa diretora da Câmara na última semana.
 
Para o presidente da comissão de Educação da Câmara, vereador Benedito Marques (PSDB), esse é um espaço muito importante para o desenvolvimento do ensino superior em nossa região. “Mesmo sabendo que não é de nossa competência legislar pela Universidade, já que ela é estadual, não podemos ficar parados com essa situação. A Câmara de Vereadores é a caixa de ressonância da cidade e vamos juntos com os professores debater essa situação. Nós vereadores somos sensíveis luta por uma Uneb melhor”, explica.
 
Em greve por tempo indeterminado desde último dia 26 de abril, os professores protestam contra o Decreto 12.583/2011, que determina a atual situação de “estrangulamento orçamentário” nas universidades estaduais na Bahia, além da retirada de direito dos docentes, como retirada de licenças para especializações, e arrocho salarial. 
..