RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 1046 registros para a palavra: professores

Univasf: Professores do Mestrado e Doutorado do Espaço Plural participam da inauguração do Armazém da Agricultura Familiar

A partir desta quarta-feira (27), a população de Juazeiro e todo o Território de Identidade Sertão do São Francisco passam a contar com um Armazém da Agricultura Familiar. A inauguração aconteceu nesta quarta-feira (20), no espaço Vila Bossa Nova, às margens do Velho Chico.

Professores do Núcleo de Agroecologia-Espaço Plural da Universidade do Vale do São Francisco, participou da inauguração. Professora doutora Monica Tomé, coordenadora do PPGExR, vice coordenador professor doutor Denes Dantas, professora doutora Lúcia Marisy, estiveram prestigiando o evento...

APLB Sindicato em Juazeiro repudia ação da prefeitura em não respeitar a Lei da Paridade e reajustar irregularmente o benefício dos professores inativos 

Mais uma ação da prefeitura de Juazeiro causa revolta e gera mais uma ação de repúdio da APLB Sindicato em Juazeiro, desta vez apontada para os trabalhadores inativos da educação municipal que deveriam receber o mesmo reajuste de 26,51% concedido aos trabalhadores ativos.

No entanto, o que se viu foi mais uma manobra de desrespeito às leis que garantem a paridade e integralidade aos aposentados e pensionistas, quando foi concedido apenas 11%, porcentagem que foi dado em reajuste aos demais servidores que não fazem parte do setor da educação. ..

"O Prefeito Vai à Escola ": gestor de Sobradinho visita escolas municipais e entrega kits e garrafas a professores e alunos

Cumprindo a agenda do projeto "O Prefeito vai à escola", o gestor de Sobradinho, Cleivynho Sampaio, acompanhado da Secretária de Educação Ducilene Kestering e comitiva visitou a Escola de Gestão Compartilhada, o CELEM e a Escola Maria Ribeiro, durante a manhã da última terça-feira (19).

Durante a visita, que teve a intenção de fazer o acolhimento dos estudantes e professores, o prefeito entregou Kits mochila, contendo diversos itens para os professores, e para os alunos, garrafas de água. ..

Em relação a manifesto dos professores de Juazeiro Seduc por meio de nota diz que agiu dentro da legalidade

Conforme noticiado pela Rede Gn na manhã desta quarta-feira (20) a APLB Sindicato em Juazeiro liderou manifestação pelas ruas da cidade dando continuidade à luta dos trabalhadores em educação pela garantia de direitos assegurados em lei.

Segundo a direção da entidade sindical a manifestação que começou em frente à sede da APLB Sindicato teve como objetivo o enfrentamento e luta contra a Lei que devastou os direitos dos trabalhadores em educação de Juazeiro, entre eles, a retirada de 20% da regência de classe e o reajuste pífio dado aos profissionais da educação de Juazeiro (Veja aqui)...

Polo UAB de Juazeiro oferta vagas em cursos de licenciatura em Dança e Teatro para professores da rede pública e pessoas com ensino médio completo

O Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) de Juazeiro, vinculado à Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), oferta vagas para os cursos de licenciatura em Dança e licenciatura em Teatro.

Com o objetivo de propiciar a qualificação profissional para professores da rede pública e ingressantes com ensino médio concluído, o período para as inscrições começa nesta quarta-feira (20) e segue até o dia 10 de maio...

Professores de Juazeiro filiados ao PT reiteram punições à vereadores do partido após votação de PL na Câmara Municipal

Professoras e professores de Juazeiro, filiadas e filiadas ao Partido dos Trabalhadores (PT), emitiram uma nota pública denunciando a postura dos vereadores da sigla, Jean Gomes e Luciano do Vale, que contrariaram a recomendação partidária e foram a favor do projeto de lei 3.727, que regulamenta alterações administrativas para cumprimento do Piso Nacional do Magistério. O projeto do Executivo Municipal, recebeu a maioria dos votos dos vereadores.

Segundo a nota dos profissionais, o projeto de lei "oriunda da prefeita do PSDB, que não apenas não cumpre o piso nacional de Educação de 2022, mas retira direitos conquistados pelo movimento docente em Juazeiro". "Nosso desgaste político aumentou ainda mais porque sem o voto dos dois vereadores o projeto não teria sido aprovado, porque dois vereadores da situação votou contra, além dos outros vereadores da oposição", diz outro trecho da nota [leia na íntegra abaixo]...

Professores aposentados fazem manifesto nesta segunda (11) em frente ao IPJ

Membros da Associação de Trabalhadores em Educação, Aposentados, Pensionistas e Ativos de Juazeiro encaminharam a redação da Rede GN convocatória para manifestação nesta segunda-feira (11) em frente ao IPJ – Instituto Previdenciário de Juazeiro.

Diz a nota: Nesta segunda (11) faremos um grande protesto, na frente do IPJ, rua do Paraíso às 10 horas da manhã, contra a truculência da Prefeita...

Seduc responde a nota da Atepaaj que pediu intervenção do presidente Jair Bolsonaro na concessão do piso nacional dos professores em Juazeiro (BA)

Na manhã desta quarta-feira a Rede GN divulgou Carta da  presidente da Associação de Trabalhadores em Educação, Aposentados, Pensionistas e Ativos de Juazeiro Maeth Soares enviada ao Presidente da República Jair Bolsonaro solicitando intervenção para o cumprimento da Lei Federal do Piso Nacional do Magistério (Veja aqui). 

Em resposta, a Secretaria Municipal da Educação e Juventude enviou a seguinte nota:..

Atepaaj pede intervenção do presidente Jair Bolsonaro na concessão do piso nacional dos professores em Juazeiro (BA)

A presidente da Associação de Trabalhadores em Educação, Aposentados, Pensionistas e Ativos de Juazeiro Maeth Soares encaminhou a Rede GN cópia da carta enviada ao Presidente da República Jair Bolsonaro solicitando intervenção para o cumprimento da Lei Federal.

Na correspondência, a Atepaaj alega que “houve um reajuste nominal no vencimento-base dos professores de 26,51%. No entanto, para que esse reajuste fosse dado, extinguiu gratificações dos professores”. Confira:..

Pesquisa mostra que maioria dos professores da rede municipal de Juazeiro apresenta familiaridade com novas tecnologias educacionais e utiliza ferramentas em sala de aula

O uso das tecnologias na educação é algo que tem se tornado cada vez mais comum nas escolas, e essa nova realidade exige habilidades dos educadores no manuseio dessas ferramentas tecnológicas.

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), entendendo a importância de desenvolver estratégias específicas para o desenvolvimento dessas competências na rede municipal, incentivou a participação dos professores na resolução do questionário de "Autoavaliação de competências digitais", desenvolvido pelo Centro de Inovação para Educação Brasileira (Cieb)...

Decisão liminar do TJBA julga ilegal greve dos professores municipais e Prefeitura de Juazeiro garante respaldo legal sobre reajuste salarial da categoria

A atuação rápida e eficiente da Procuradoria Geral do Município (PGM) foi determinante para que o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) julgasse procedente em favor da Prefeitura de Juazeiro a ação declaratória de ilegalidade da greve dos professores municipais, com pedido liminar.

Nesta quarta-feira (30), a Desembargadora Lisbete Maria Teixeira Almeida Cézar Santos deferiu a antecipação de tutela e determinou "que os servidores públicos vinculados à Secretaria de Educação do MUNICÍPIO DE JUAZEIRO retornem ao trabalho, no dia seguinte à intimação desta decisão, com a suspensão do movimento grevista deflagrado pela APLB – SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, cessando-se qualquer ato de paralisação, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 (mil mil reais) em caso de descumprimento, limitada a R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), a ser revertida em favor do Ente Municipal, sem prejuízo da majoração na hipótese de comprovada resistência, ficando, ainda, o Município autorizado a descontar da folha de pagamento os dias não trabalhados, a partir do descumprimento desta ordem judicial"...

Com respaldo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Prefeitura de Juazeiro cumpre base legal e garante pagamento do piso nacional do magistério

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), segue valorizando os profissionais da educação municipal e respeitando a legalidade e a transparência nos processos de garantia de direitos.

Este ano, os professores da rede municipal de ensino de Juazeiro serão contemplados com um reajuste salarial de 26,51%, garantindo o pagamento do piso nacional do magistério de R$ 3.845,73...

Alunos e professores do CETEP-Sertão do São Francisco fazem visita técnica ao CEMAFAUNA

Para trocar saberes e fazer com que os estudantes conheçam melhor o Bioma Caatinga, os professores do CETEP-SSF (Centro Territorial de Educação Profissional-Sertão do São Francisco),  promoveram Visita Técnica com alunos do Curso Técnico em Agropecuária, disciplinas biologia, geografia.

Na oportunidade em que visitaram o Centro de Manejo da Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA), localizado no Centro de Ciências Agrárias (CCA), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), os alunos participaram de palestra, Fauna na Caatinga, no auditório e conheceram de perto alguns animais da região...

Trabalhadores da Educação de Juazeiro decidem em assembleia por um retorno responsável para reorganizar a luta por seus direitos

Nesta segunda-feira (28), quatro dias após a aprovação do projeto do executivo que indignou trabalhadores em educação de Juazeiro por ver seu direito de ter o reajuste de 33,24% do piso nacional negado, uma nova assembleia foi realizada no auditório da APLB Sindicato. Após várias propostas lançadas, a categoria decidiu pelo retorno das aulas numa 'operação tartaruga' mantendo o estado de greve.  

"Depois de muita batalha travada com o município de Juazeiro nós nos reunimos em assembleia na APLB Sindicato depois dessa traição de uma parte da Câmara de Vereadores que preferiu votar a favor do município deixando os professores de lado. Discutimos o retorno das aulas numa 'operação tartaruga' e estado de greve, mas isso não significa dizer que nós deixamos a luta, continuamos nela e vamos agora buscar outras estratégias para tentar revogar todo esse rolo compressor que foi passado na educação de Juazeiro com esse engodo lançado", informou o diretor da APLB Sindicato em Juazeiro Gilmar Nery.  ..

Professores de Juazeiro receberão aumento de 26,51% retroativo aos meses de janeiro e fevereiro

O reajuste salarial de 26,51% dos professores da rede municipal de ensino de Juazeiro, concedido pela atual gestão, já será feito na folha de março e o retroativo referente aos meses de janeiro e fevereiro será pago na folha de abril. 

Com o incremento, os professores em início de carreira e carga horária de 20h, que recebiam R$ 1.454,20 de salário-base, em 2020, passarão a receber R$ 1.922,86, já os que têm carga horária de 40h, passam de R$ 2.908,40 para R$ 3.845,73. Os professores veteranos, 20h, que tinham remuneração de R$ 2.377,22, em 2020, receberão R$ 3.143,36, e os efetivos de 40h, passam de 4.754,43, para R$ 6.286,70...

Reajuste salarial dos professores concedido pela Prefeitura de Juazeiro é maior que o do Governo da Bahia, afirma assessoria

Reafirmando o seu compromisso com os servidores municipais e com a educação, a Prefeitura de Juazeiro vai conceder reajuste salarial aos professores, maior que o concedido pelo Governo da Bahia. Enquanto os professores da rede municipal de ensino terão um incremento de 26,51% em seu salário-base, os da rede estadual receberam apenas 4%.

Em Juazeiro, com o reajuste, os professores da rede municipal em início de carreira e carga horária de 20h, que recebiam R$ 1.454,20 de salário-base, em 2020, passarão a receber R$ 1.922,86, já os que têm carga horária de 40h, passam de R$ 2.908,40 para R$ 3.845,73. Os professores veteranos, 20h, que tinham remuneração de R$ 2.377,22, em 2020, receberão R$ 3,143,36, e os efetivos de 40h, passam de 4.754,43, para R$ 6.286,70...

Vereador promete renunciar mandato se professores comprovarem que estão ganhando menos após projeto do Executivo. Professores desafiam vereador

Depois de aprovarem nesta quinta-feira (24), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei enviado pelo executivo municipal que prevê o reajuste salarial de 26,51% para os professores da rede municipal de ensino os vereadores nas redes sociais tentam justificar o voto que culminou com enterro simbólico da educação, da prefeita, secretária de educação e dos próprios parlamentares municipais.

Nas redes sociais o vereadores Gildásio Soares representante do distrito de Maniçoba desafiou os professores a provarem que estão ganhando menos: “Eu renunciou ao meu mandato se um professor provar que está ganhando menos”. Veja o vídeo:..

Câmara de Vereadores aprova projeto do executivo em menos de um minuto sem nenhuma alteração e sem atender os trabalhadores em educação de Juazeiro, DIZ aplb

A votação foi em pouco mais de 30 segundos e foi nesse tempo que os vereadores de Juazeiro decidiram, na manhã desta quinta-feira (24), aprovar o projeto de lei enviado pela gestão Suzana Ramos indo de encontro aos anseios dos trabalhadores em educação. Uma triste cena que fez chorar os profissionais que lotaram a Casa Aprígio Duarte em mais uma tentativa de serem ouvidos e atendidos. O que viram foram seus direitos serem desconsiderados, suas conquistas eliminadas e o desrespeito para com a categoria vigorar sem pudor.  

A APLB Sindicato em Juazeiro, representando os trabalhadores em educação fez o que pôde para travar um diálogo e chegar a um consenso com a secretária de educação Normeide Almeida e a prefeita Suzana Ramos, mas viu ir por água abaixo qualquer tipo de acordo. O fortalecimento que nasceu da união dos professores garantiu uma luta bonita de se ver durante todo esse período. E não foi diferente nessa manhã de quinta. Com cartazes, faixas, carro de som, determinação e fé inabalável, os trabalhadores em educação se fizeram presentes à Câmara. Unidos em um círculo de oração, eles buscavam forças para acreditar que ainda poderiam sair vitoriosos.  ..

ALEX TANURI LAMENTA RETIRADA DE DIREITOS E PROMETE ESTAR AO LADO DOS PROFESSORES NA ESFERA JUDICIAL

Em nota divulgada nas redes sociais, o vereador Alex Tanuri lamentou a aprovação do projeto que retira direitos dos professores municipais, como a gratificação de regência, numa manobra da prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos. O vereador escreveu: 

“Hoje é mais um dia triste para a educação de Juazeiro. Direitos conquistados há muitos anos foram retirados de forma sorrateira pelo governo Suzana. A cidade que se destacou como a melhor educação do estado agora vê, numa demonstração de maldade e incompetência, a prefeita extinguir gratificações e mudar a carreira destes profissionais.”..

Vereadores do PT desobedecem orientação do partido e votam contra os professores

Em nota encaminha a Rede |GN o PT de Juazeiro manifesta seu apoio irrestrito à mobilização dos professores e professoras de nosso município pela implementação do piso salarial nacional.

Em 2008, o Congresso Nacional aprovou a lei 11.738, que ficou conhecida como lei do piso nacional dos professores. Oriunda do Ministério da Educação, que tinha como titular o professor Fernando Haddad, a lei representava o esforço do governo federal em melhorar o salario dos professores e das professoras, que até então recebia valores inferiores aos profissionais com formação em nível superior...