RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 1032 registros para a palavra: professores

Professores de Juazeiro receberão aumento de 26,51% retroativo aos meses de janeiro e fevereiro

O reajuste salarial de 26,51% dos professores da rede municipal de ensino de Juazeiro, concedido pela atual gestão, já será feito na folha de março e o retroativo referente aos meses de janeiro e fevereiro será pago na folha de abril. 

Com o incremento, os professores em início de carreira e carga horária de 20h, que recebiam R$ 1.454,20 de salário-base, em 2020, passarão a receber R$ 1.922,86, já os que têm carga horária de 40h, passam de R$ 2.908,40 para R$ 3.845,73. Os professores veteranos, 20h, que tinham remuneração de R$ 2.377,22, em 2020, receberão R$ 3.143,36, e os efetivos de 40h, passam de 4.754,43, para R$ 6.286,70...

Reajuste salarial dos professores concedido pela Prefeitura de Juazeiro é maior que o do Governo da Bahia, afirma assessoria

Reafirmando o seu compromisso com os servidores municipais e com a educação, a Prefeitura de Juazeiro vai conceder reajuste salarial aos professores, maior que o concedido pelo Governo da Bahia. Enquanto os professores da rede municipal de ensino terão um incremento de 26,51% em seu salário-base, os da rede estadual receberam apenas 4%.

Em Juazeiro, com o reajuste, os professores da rede municipal em início de carreira e carga horária de 20h, que recebiam R$ 1.454,20 de salário-base, em 2020, passarão a receber R$ 1.922,86, já os que têm carga horária de 40h, passam de R$ 2.908,40 para R$ 3.845,73. Os professores veteranos, 20h, que tinham remuneração de R$ 2.377,22, em 2020, receberão R$ 3,143,36, e os efetivos de 40h, passam de 4.754,43, para R$ 6.286,70...

Vereador promete renunciar mandato se professores comprovarem que estão ganhando menos após projeto do Executivo. Professores desafiam vereador

Depois de aprovarem nesta quinta-feira (24), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei enviado pelo executivo municipal que prevê o reajuste salarial de 26,51% para os professores da rede municipal de ensino os vereadores nas redes sociais tentam justificar o voto que culminou com enterro simbólico da educação, da prefeita, secretária de educação e dos próprios parlamentares municipais.

Nas redes sociais o vereadores Gildásio Soares representante do distrito de Maniçoba desafiou os professores a provarem que estão ganhando menos: “Eu renunciou ao meu mandato se um professor provar que está ganhando menos”. Veja o vídeo:..

Câmara de Vereadores aprova projeto do executivo em menos de um minuto sem nenhuma alteração e sem atender os trabalhadores em educação de Juazeiro, DIZ aplb

A votação foi em pouco mais de 30 segundos e foi nesse tempo que os vereadores de Juazeiro decidiram, na manhã desta quinta-feira (24), aprovar o projeto de lei enviado pela gestão Suzana Ramos indo de encontro aos anseios dos trabalhadores em educação. Uma triste cena que fez chorar os profissionais que lotaram a Casa Aprígio Duarte em mais uma tentativa de serem ouvidos e atendidos. O que viram foram seus direitos serem desconsiderados, suas conquistas eliminadas e o desrespeito para com a categoria vigorar sem pudor.  

A APLB Sindicato em Juazeiro, representando os trabalhadores em educação fez o que pôde para travar um diálogo e chegar a um consenso com a secretária de educação Normeide Almeida e a prefeita Suzana Ramos, mas viu ir por água abaixo qualquer tipo de acordo. O fortalecimento que nasceu da união dos professores garantiu uma luta bonita de se ver durante todo esse período. E não foi diferente nessa manhã de quinta. Com cartazes, faixas, carro de som, determinação e fé inabalável, os trabalhadores em educação se fizeram presentes à Câmara. Unidos em um círculo de oração, eles buscavam forças para acreditar que ainda poderiam sair vitoriosos.  ..

ALEX TANURI LAMENTA RETIRADA DE DIREITOS E PROMETE ESTAR AO LADO DOS PROFESSORES NA ESFERA JUDICIAL

Em nota divulgada nas redes sociais, o vereador Alex Tanuri lamentou a aprovação do projeto que retira direitos dos professores municipais, como a gratificação de regência, numa manobra da prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos. O vereador escreveu: 

“Hoje é mais um dia triste para a educação de Juazeiro. Direitos conquistados há muitos anos foram retirados de forma sorrateira pelo governo Suzana. A cidade que se destacou como a melhor educação do estado agora vê, numa demonstração de maldade e incompetência, a prefeita extinguir gratificações e mudar a carreira destes profissionais.”..

Vereadores do PT desobedecem orientação do partido e votam contra os professores

Em nota encaminha a Rede |GN o PT de Juazeiro manifesta seu apoio irrestrito à mobilização dos professores e professoras de nosso município pela implementação do piso salarial nacional.

Em 2008, o Congresso Nacional aprovou a lei 11.738, que ficou conhecida como lei do piso nacional dos professores. Oriunda do Ministério da Educação, que tinha como titular o professor Fernando Haddad, a lei representava o esforço do governo federal em melhorar o salario dos professores e das professoras, que até então recebia valores inferiores aos profissionais com formação em nível superior...

Professores de Juazeiro terão aumento salarial a partir deste mês de março

A Câmara de Vereadores de Juazeiro aprovou, nesta quinta-feira (24), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei enviado pelo executivo municipal, que prevê o reajuste salarial de 26,51% para os professores da rede municipal de ensino. A medida entra em vigor a partir deste mês de março. 

A secretária de Educação do município, Normeide Almeida, ressaltou que a ação reforça o compromisso da gestão municipal com a educação...

Revoltados com votação na Câmara de Vereadores, professores realizam carreata e "enterro simbólico da educação" em Juazeiro

Uma carreata está sendo promovida neste momento pelas ruas de Juazeiro. Profissionais da educação "vão promover o enterro simbólico da educação", após, os vereadores aprovarem em sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (24), o Projeto de Lei do executivo que reajusta o piso nacional do magistério em apenas 26% linear, e segundo a categoria, a favor da retirada direitos já conquistados pelos professores.

A REDEGN destacaou que convocados extraordinariamente os vereadores de Juazeiro aprovaram na íntegra o Projeto de Lei 3.727 que regulamenta alterações administrativas para cumprimento do Piso Nacional do Magistério...

Câmara de Juazeiro aprova projeto do Executivo e revolta professores: "Covardia. Subservientes ao Executivo votaram contra a categoria"

Convocados extraordinariamente os vereadores de Juazeiro aprovaram na manhã desta quinta-feira (24) na íntegra o Projeto de Lei 3.727 que regulamenta alterações administrativas para cumprimento do Piso Nacional do Magistério.

Nem mesmo com a pressão dos professores os vereadores foram sensibilizados e 12 dos 21 edis aprovaram o projeto na íntegra sendo que se posicionaram contrários ao projeto os vereadores: Alex Tanuri, Assis da Apolo, Renato Brandão e Mitu do Sindicato...

Professores de Juazeiro iniciam mais um protesto em busca do reajuste salarial

Neste momento os professores de Juazeiro iniciaram mais uma manifestação, protesto na Câmara de Vereadores de Juazeiro. Cartazes e palavras de ordem cobram  reajuste salarial.

Conforme já publicado pela REDEGN, Em vídeo enviado na noite desta quarta-feira (23) o coordenador da APLB Sindicato de Juazeiro Professor Gilmar Nery convocou a categoria para ocupar as galerias da Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (24). ..

APLB Convoca professores para ocupar Câmara de Vereadores que vota em sessão extraordinária projeto que retira direitos da categoria

Em vídeo enviado à redação da Rede GN na noite desta quarta-feira (23) o coordenador da APLB Sindicato de Juazeiro Professor Gilmar Nery convoca a categoria para ocupar as galerias da Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (24).

Segundo Gilmar Nery a direção da Casa Legislativa convocou os vereadores para uma sessão extraordinária na data de hoje para votar o projeto do Executivo que retira direitos dos professores conquistados há décadas...

Em manifestação na porta da Seduc professores pedem “Fora Normeide”

Como já noticiado pela Rede GN (Veja aqui) na sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta quarta-feira (23) a Mesa Diretora retirou de pauta o Projeto de Lei do Executivo que tratava do reajuste do Piso Nacional do Magistério.

Em seguida os trabalhadores da educação em Juazeiro realizaram manifestação em frente ao prédio sede da Secretaria Municipal de Educação e Juventude...

Câmara retira de pauta projeto do piso nacional dos professores que realizam manifestação em frente à seduc

Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta quarta-feira (23) a primeira vitória dos professores na luta de braço com a Secretaria de Educação e Juventude e a gestão Suzana Ramos.

A sessão que teve de tudo, inclusive, a retirada da transmissão ao vivo pelo YouTube, acabou com a unanimidade votando o Projeto do Executivo que concedeu aumento de 11% para os servidores municipais, mas retirou de pauta o Projeto que propõe aumento de “26% linear e retira gratificações conquistadas há décadas” como declarou o coordenador da APLB Juazeiro Gilmar Nery...

Trabalhadores em educação de Juazeiro pressionam vereadores em sessão que antecede votação pelo pagamento dos 33,24% do piso nacional do magistério

Insatisfação e revolta marcaram a participação dos trabalhadores em educação de Juazeiro que lotaram a Câmara de Vereadores na manhã desta terça-feira (22) para protestar contra o exposto em projeto de lei enviado pelo executivo aonde o reajuste para a categoria chega ao número de 26%, mas com muitas ressalvas como observado pelo corpo jurídico da APLB Sindicato que, além de estar aquém dos 33,24% do piso nacional do magistério garantido por lei em todos o país, ainda retira da categoria diversos benefícios conquistados ao longo dos anos.  

Na última sessão que teve presença dos professores, 14 dos 21 vereadores da Casa Aprígio Duarte deram a palavra de apoio total aos servidores da educação e se comprometeram a não deixar passar o projeto sem que houvesse discussão com a APLB ou que o valor fosse inferior à porcentagem integral e linear para a categoria.  ..

Juazeiro: Colégio oferece 200 vagas gratuitas para EJA e professores fazem busca por alunos

A iniciativa é dos professores do Colégio Estadual Hildete Lomanto, que fica no Centro de Juazeiro. A unidade escolar dispõe de cerca de 200 vagas para a EJA – Educação de Jovens e Adultos, mas faltam alunos para se matricular. Depois que as aulas voltaram a acontecer de forma presencial, muitos estudantes não retornaram a escola e algumas turmas foram fechadas. Depois de tentar contato com esse público via telefone, os professores resolveram deixar a sala de aula e ir em busca de alunos pessoalmente.

Nesta semana, o corpo docente do Colégio está realizando visitas em residências e no comércio da cidade com o objetivo de convencer os alunos a retornarem a escola e assim consigam concluir o ensino médio...

Em evento histórico, Prefeitura de Petrolina irá empossar 469 professores nesta segunda-feira

A Prefeitura de Petrolina, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, irá empossar, nesta segunda-feira (21), 469 professores, aprovados no maior concurso público, realizado pelo setor.

A solenidade ocorrerá na Arena Iate Club, às 18h30, e vai contar com a presença dos docentes convocados este ano e os que foram chamados em 2020 e 2021, já que na época não houve solenidade em função da pandemia. ..

Atraso salarial na Facape "obriga" professora realizar rifa para pagar contas

Professores, estudantes e funcionários da Faculdade de Petrolina (Facape) mais uma manifestação com objetivo da regularização financeira da instituição nesta sexta-feira (18). O ato acontece na frente a Prefeitura Municipal. Neste momento a organização do protesto já se prepara para percorrer as ruas de Petrolina.

A situação de atraso de salários "obriga" que uma professora realize "uma rifa solidária para ajudar pois está há 3 meses sem receber salários". No texto nas redes sociais a justificativa é que "segunda a Facape não existe caixa dinheiro para pagamento da folha administrativae dos professores". Na rede social...

Professores da Facape realizam novo protesto cobrando salários atrasados nesta sexta-feira (18)

Professores da Faculdade de Petrolina (Facape) voltarão a realizar uma manifestação em prol da regularização financeira da instituição nesta sexta-feira (18). O ato será em frente a Prefeitura Municipal, a partir das 10h.

A organização solicita que os manifestantes usem máscara, levem álcool e também cartazes com frases de ordem. ..

Prefeitura de Juazeiro reafirma que pagará o piso nacional para todos os professores da rede municipal de ensino

Em resposta a reportagem postada ontem (16) à noite com o título: Prefeitura de Juazeiro anuncia aumento de 11% e professores decretam greve a partir de segunda (21), a assessoria de imprensa da  Prefeitura de Juazeiro enviou nota.

Confira: A Prefeitura de Juazeiro reafirma que o município está cumprindo com o disposto na Portaria N°67/2022 e pagará o piso nacional para todos os professores da rede municipal de ensino...

Senado aprova projeto que destina recursos do Fundeb para professores

O Senado aprovou, dia (16), um projeto de lei (PL) que destina recursos não utilizados do Fundo de Manutenção da Educação Básica (Fundeb) para o pagamento de professores da educação básica da rede pública. O projeto segue para sanção presidencial.

Também foi definido que os recursos extraordinários recebidos por estados, Distrito Federal e municípios, em razão de decisões judiciais relativas ao cálculo do valor anual por aluno para a distribuição dos fundos e da complementação da União aos fundos relativos à educação, dentre eles o Fundeb, sejam investidos na educação...